ConexãoIn

Cirurgião plástico é preso em Gramado por assédio sexual

Foi preso nesta sexta-feira, 16,  na cidade de Gramado (RS), o cirurgião plásticoKlaus Wietzke Brodbeck, investigado sob suspeita de abuso sexual de dezenas de vítimas.

De acordo com a Polícia Civil, que efetuou a prisão, o médico seria conduzido para a DEAM/POA, onde aguardaria uma vaga no sistema prisional.

Klaus Wietzke Brodbeck, foi alvo de operação, dia 13, que cumpriu mandado de busca e apreensão em sua residência e na clínica onde atua, no bairro Três Figueiras, em Porto Alegre. Ao todo, 95 mulheres procuraram a Polícia Civil para relatar os abusos, de acordo com a delegada Jeiselaure Rocha de Souza: 12 denúncias iniciais que culminaram na operação, e mais 83 relatos de pacientes que foram até a delegacia após a ação policial.

Namorada ameaçou vítimas 

A namorada do médico Klaus Wietske Brodbeck vai responder pelos crimes de difamação, calúnia (por ter acuso indiretamente a polícia por abuso de autoridade), coação no curso do processo, injúria simples, injúria em face de funcionário público e ameaça.

#Conexaoin 

#Conectadocomanoticia 

POR: Rita Moraes
Publicado em 18/07/2021