ConexãoIn

MAR, em cartaz no Teatro Martins Gonçalves, em Salvador

Com criação e atuação dos atores e diretores Deborah Moreira e George Mascarenhas, da Mimus Companhia de Teatro, o espetáculo MAR terá  apresentação única em sessão gratuita no Teatro Martim Gonçalves, no dia 04 de março, às 19h30, integrando a programação cultural da semana pedagógica da Escola de Teatro da UFBA, com ingressos distribuídos na bilheteria do teatro, no bairro do Canela.
 
Tomando como livre inspiração imagens e histórias diversas da Baía de Todos-os-Santos, Deborah e George mergulharam na poética dos mistérios que se escondem no mar, dos presentes  que chegam do mar e dos caminhos que nos levam para o mar explorando a expressividade corporal a partir da investigação cênica da Mímica Corporal Dramática de Etienne Decroux, em articulação com uma dramaturgia autoral.
 
Em cena, dois personagens encontram-se, à beira-mar, em um dia de sol.  Em meio às subidas e descidas da maré e às mudanças do tempo, a relação entre eles vai se construindo, compondo uma rede de situações, emoções, sonhos e imaginação. A relação entre os dois personagens vai sendo tecida a partir das surpresas que o mar traz e a apresentação debruça-se sobre esse movimento, sobre o estado das coisas e os vínculos estabelecidas no convívio com os mistérios do mar.
 
“É uma chance de tocar as memórias que o mar nos traz e perceber emoções diferentes, de momentos diferentes, de encontros com o mar e que, acredito, fazem parte de um universo comum das pessoas que vivem à beira-mar”, explica Deborah Moreira. “Neste espetáculo, continuamos o nosso trabalho com a investigação da expressividade cênica, que vem desde Alegria de Viver, em 2009, e que aparece não somente em nossos mais recentes espetáculos, O Tigre e Refazendo Salomé (2016), mas também em nossas colaborações com outros grupos, como em Na fila, montagem dirigida por mim com texto de Deborah, para a Companhia de Teatro da UFBA em 2017”, completa George Mascarenhas.
 
Criada em 2007, a Mimus realiza atividades de criação cênica, mantendo diversos espetáculos em seu repertório, além de propor a formação de artistas por meio de cursos, oficinas e conferências, com a difusão de pesquisas e modos de criação artística, através da Revista Mimus, publicação eletrônica de acesso gratuito.  
 
SERVIÇO
O quê: Espetáculo MAR (Mimus – Companhia de Teatro)
Quando: Dia 04 de março, quarta-feira
Horário: 19h30
Onde: Teatro Martim Gonçalves – Escola de Teatro da UFBA (Rua Araújo Pinho, 292 – Canela)
Ingressos: Entrada franca – as senhas serão distribuídas na bilheteria do teatro 
Outras informações: + 55 71 3283-7862 (Teatro Martim Gonçalves)
 
George Mascarenhas é ator e diretor teatral, formado em mímica corporal pela École de Mime Corporel Dramatique (Paris/Londres), dirigida por Steven Wasson e Corinne Soum, últimos assistentes de Etienne Decroux. Doutor em Artes Cênicas, é professor da Escola de Teatro da UFBA. Participou de diversos espetáculos teatrais, dentre os quais Josefina, a Cantora dos Ratos (dir. Marcio Meirelles), Cinema Cantado (dir. Luiz Marfuz) e Francisco (dir. Nadja Turenko). Recentemente, atuou em O tigre (dir. Deborah Moreira) e dirigiu os espetáculos Refazendo Salomé e Na Fila (Companhia de Teatro da UFBA).
Deborah Moreira é atriz e dramaturga, formada em Mímica Corporal por George Mascarenhas e Nadja Turenko, com o aval da Ecole de mime corporel dramatique de Londres. Mestre em Artes e Bacharel em Interpretação Teatral pela Universidade Federal da Bahia, atuou em diversos espetáculos dentre os quais Ensina-me a Viver (dir. José Possi Neto), Acrobatas (dir. Ewald Hackler), In-Sonia (dir. Hebe Alves) e Clarices (dir. Nadja Turenko). Em 2015, fez sua estreia como diretora com o solo O tigre. Dentre seus textos encenados, encontram-se Clarices, Francisco e Joana d’Arc (dirigidos por Nadja Turenko), Alegria de Viver, Jogo da Memória e Na fila (dirigidos por George Mascarenhas). Recentemente, atuou no solo Refazendo Salomé, também dirigido por Mascarenhas.
 
Ficha técnica
Criação, concepção e atuação: George Mascarenhas e Deborah Moreira
Direção: George Mascarenhas
Pesquisa dramatúrgica e figurinos: Deborah Moreira
Iluminação: Luciano Reis
Trilha sonora: Luciano Salvador Bahia
Consultoria de cenografia: RMota cenografia
Aderecista: Paulo Roberto Florencio
Assistente de adereços: Ronaldo dos Santos. 
Fotos: Sora Maia
Design gráfico: Tina Guedes
POR: Rita Moraes
Publicado em 29/02/2020