ConexãoIn

David Bastos é o primeiro entrevistado do especial “Arquitetura em tempos de pandemia”

Em tempos de pandemia da Covid-19, o cotidiano das pessoas mudou e o isolamento social fez com que muitos precisassem reformar ou mesmo reconstruir ambientes em suas casas. Afinal, trabalhar em casa, conviver muito tempo com a família, e reorganizar o dia a dia foi fundamental, para equilibrar isolamento social, produtividade e bem estar. Em outros casos, aquele projeto de construir a casa dos sonhos, fazer aquela reforma desejada, se concretizou.

Diante disso, o Conexaoin foi conversar com quatro arquitetos, que não só viram suas demandas aumentarem na pandemia, como conseguiram concretizar os desejos dos seus clientes, em sua maioria ansiosos por terem novos ambientes confortáveis, bonitos e funcionais.

O primeiro da série de entrevistas é David Bastos, renomado arquiteto baiano, com projetos premiados no Brasil e no exterior. Na segunda matéria vamos entrevistar a dupla de arquitetas baianas da CK Estilo, Karina Brito Neri e Carine Lavigne Guimarães. E na última série de entrevistas com arquitetas de peso será a vez da baiana Sandra Sampaio. Confira:

Conexaoin: Com a pandemia, pessoas trabalhando e ficando muito tempo em casa, o que mudou na demanda dos clientes?

David Bastos:  Em prática a demanda aumentou, tanto os clientes quanto novos clientes buscaram o escritório para reformar a casa ou construir uma casa nova. Com a pandemia e todos em casa. 

Conexaoin: Que tipo de projetos foram mais pedidos?

David Bastos: Recebemos pedidos de reformas completas, também pedidos de renovação de mobiliário mas principalmente a maior demanda do escritório durante mais de um ano de pandemia foram os novos projetos.

Conexãoin: De uma maneira geral, com a Covid-19, as pessoas tiveram que apertar o cinto, focar no essencial, como foi para você,  ao executar o projeto?

David Bastos: Os projetos não foram prejudicados, pelo contrário.

Conexaoin: Como foi o trabalho online para o arquiteto? Quais dificuldades? 

David Bastos: O escritório entrou em março de 2020 e também agora em março de 2021 em regime operacional de home office, disponibilizamos as máquinas para os arquitetos, desenhistas e estagiários. Como desde o início da pandemia a demanda do escritório aumentou significativamente, tivemos que nos adaptar rápido aos novos modelos de atendimento ao cliente e fornecedores, como reuniões online, videoconferências e transmissão simultânea de arquivos.

Conexãoin: Com lojas e fornecedores, sem poder abrir as portas em muitos momentos durante a pandemia,  como você solucionou a escolha de materiais, produtos, a logística e a instalação dos mesmos?

David Bastos: O escritório tem um grande acervo de amostras tanto de tecidos quanto papel de parede, revestimentos de madeira e pedras em geral. Não tivemos problemas para dar continuidade aos trabalhos de definição de materialidades ou acabamentos. Em uma certa ocasião, chegamos a enviar para uma cliente opções de poltronas e cadeiras por conta das restrições de atendimento das lojas durante a quarentena. Só conseguimos garantir a qualidade do atendimento aos nossos clientes graças aos nossos exímios fornecedores.

Conexaoin: A profissão apresentou ganhos extras com a pandemia? Se sim, quais? 

David Bastos: Principalmente o uso da tecnologia a favor da logística do escritório e dos clientes e fornecedores do escritório.

Conexaoin: Cite dois projetos realizados nesse período, que represente sucesso entre a aspiração do seu cliente e o que você conseguiu concretizar.

David Bastos: Reforma de um apartamento em Lisboa. Toda a reforma, escolha de mobiliário, revestimentos e acabamentos foi definida à distância, com o cliente aqui no Brasil e toda uma equipe de engenharia   em Portugal. Em março desse ano fizemos uma produção em uma mostra no Sul do país totalmente virtual.

Conexaoin: Com a pandemia, pessoas trabalhando e ficando muito tempo em casa, o que mudou na demanda dos clientes?

David Bastos: Em prática a demanda aumentou, tanto os clientes quanto novos clientes buscaram o escritório para reformar a casa ou construir uma casa nova. Com a pandemia e todos em casa. 

Conexaoin: Que tipo de projetos foram mais pedidos?

David Bastos: Recebemos pedidos de reformas completas, também pedidos de renovação de mobiliário mas principalmente a maior demanda do escritório durante mais de um ano de pandemia foram os novos projetos.

Conexaoin: De uma maneira geral, com a Covid-19, as pessoas tiveram que apertar o cinto, focar no essencial, como foi para vc,  ao executar o projeto?

David Bastos: Os projetos não foram prejudicados, pelo contrario.

Conexaoin: Como foi o trabalho online para o arquiteto? Quais dificuldades? 

David Bastos: O escritório entrou em março de 2020 e também agora em março de 2021 em regime operacional de home office, disponibilizamos as máquinas para os arquitetos, desenhistas e estagiários. Como desde o início da pandemia a demanda do escritório aumentou significativamente, tivemos que nos adaptar rápido aos novos modelos de atendimento ao cliente e fornecedores, como reuniões online, videoconferências e transmissão simultânea de arquivos.

Conexaoin: Com lojas e fornecedores, sem poder abrir as portas em muitos momentos durante a pandemia,  como você solucionou a escolha de materiais, produtos, a logística e a instalação dos mesmos? 

David Bastos: O escritório tem um grande acervo de amostras tanto de tecidos quanto papel de parede, revestimentos de madeira e pedras em geral. Não tivemos problemas para dar continuidade aos trabalhos de definição de materialidades ou acabamentos. Em uma certa ocasião, chegamos a enviar para uma cliente opções de poltronas e cadeiras por conta das restrições de atendimento das lojas durante a quarentena. Só conseguimos garantir a qualidade do atendimento aos nossos clientes graças aos nossos exímios fornecedores.

Conexaoin: A profissão apresentou ganhos extras com a pandemia? Se sim, quais? 

David Bastos: Principalmente o uso da tecnologia à favor da logística do escritório e dos clientes e fornecedores do escritório.

Conexaoin: Cite dois projetos realizados nesse período, que represente sucesso entre a aspiração do seu cliente e o que vc conseguiu concretizar.

David Bastos:  Reforma de um apartamento em Lisboa. Toda a reforma, escolha de mobiliário, revestimentos e acabamentos foi definida à distância, com o cliente aqui no Brasil e toda uma equipe de engenharia   em Portugal. Em março desse ano fizemos uma produção em uma mostra no Sul do país totalmente virtual.

Fotos: Tuca Reines

POR: Rita Moraes
Publicado em 08/04/2021