ConexãoIn

Propaganda nacional de luto: morte Alex Periscinoto, fundador da Almap

Faleceu no domingo, 17, O lendário publicitário Alex Periscinoto. Ele Tinha 95 anos e foi vítima de complicações da Covid-19. O profissional faria 96 anos em abril.

Ao longo de sua carreira, ele dirigiu a comunicação da rede de varejo Mappin e foi sócio da Almap lá no seu início, junto a José de Alcântara Macha e Otto Scherb, e deixou a agência em 1997. Sua última atividade profissional foi na consultoria SPGA, especializada em concorrências de publicidade para o mercado anunciante.

Periscinoto foi o primeiro jurado brasileiro do Festival Internacional do Filme Publicitário, hoje Cannes Lions, em 1973.

Em junho de 2013, em depoimento ao PROPMARK ele comentou que sua carreira profissional tem dois marcos importantes. “O primeiro deles foi quando visitei a DDB em Nova York no ano de 1958, no momento que a campanha ‘Think small’, para a Volkswagen, tinha sido concebida. Na reunião com Bill fiz muitas perguntas e ouvi tudo muito atentamente. Ensinamentos que trouxe para a Almap no início dos anos 1960, quando fui contratado para dirigir o departamento de criação a convite de José de Alcântara Machado e Otto Scherb. Ajudei a Almap a ganhar uma concorrência feita pela Volkswagen e, claro, coloquei em prática tudo que vi na DDB, mas com tempero da ‘erva brasilis’. O outro choque cultural que tive na minha carreira foi quando fui convidado pelos representantes do Festival Internacional do Filme Publicitário, hoje Cannes Lions, para integrar o corpo de jurados em 1973. Fui o primeiro brasileiro a ser distinguido como membro do júri nesse evento que comecei a frequentar na década de 60, ora em Veneza, ora em Cannes”, disse.

Segundo ele, Cannes foi um autêntico MBA para sua carreira. “Ali aprendi o que nenhuma escola vai conseguir expor para seus alunos. Um mix de prática e teoria ao vivo com boas risadas, boa comida e boa bebida. Tenho certeza absoluta de que o festival é uma espécie de divisor de águas. Quem vai a Cannes pela primeira vez volta outro. A visão sobre a publicidade muda e novos manejos da profissão ficam perceptíveis e muito mais ágeis”, afirmou.

Ainda falando sobre o festival, ele disse que esse enriquecimento é sintomático e quem ganha com isso é o mercado como um todo.

Almap recebeu em 2020 homenagem em Cannes

Cannes Lions homenageou a AlmapBBDO como a Agência latino-americana da década. A honraria foi anunciada na versão online do festival, já que o evento físico foi cancelado em razão da pandemia. O pódio das mais premiadas da região latina foi todo brasileiro, com os escritórios de São Paulo da Ogilvy e da VMLY&R na segunda e terceira colocações, respectivamente. A agência da década da região do Pacífico também foi da rede BBDO: a ColensoBBDO, de Auckland. Na próxima sexta-feira, 26, acontecerá o anuncio da agência global da década, que pode render um novo reconhecimento para a Almap.

Na contagem da organização do Cannes Lions, de 2010 a 2019 a AlmapBBDO conquistou 142 Leões no festival e ganhou três troféus de Agency of the Year nos anos de 2010, 2011 e 2016. Além disso, nessa década ela também foi a segunda mais premiada na edição de 2017 e a terceira mais pontuada em duas ocasiões: 2013 e 2014. Em resumo, a Almap esteve no Top 3 de mais da metade dos festivais de Cannes na década.

#conexaoin99

POR: Rita Moraes
Publicado em 18/01/2021