ConexãoIn

Prefeitura de Salvador oferece apoio gratuíto a empreendedores

Empreender pode ser uma oportunidade de renda para muitos, e como dizem que o ano só começa mesmo após o Carnaval, é chegada a hora de encarar esse novo desafio. Para que esse sonho saia do papel e vire realidade de forma adequada, o Centro do Empreendedor Municipal (CEM), orienta, gratuitamente, os cidadãos sobre como abrir o próprio negócio, de forma segura, para que o empreendimento se mantenha saudável e duradouro.

O centro, coordenado pela Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel), orienta situações como: abertura da empresa, formalização do Microempreendedor Individual (MEI), alteração de CNPJ e de faturamento, além de emissão e parcelamento de Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS). No ano passado, 2,9 mil pessoas foram atendidas, e a maioria das solicitações foi relacionada à formalização das empresas, declarações e serviços – como o parcelamento de dívidas.
 
Em 2018, a Semtel pretende aproximar o CEM do Serviço Municipal de Intermediação de Mão de Obra (SIMM). “Com isso, esperamos orientar pessoas que estão em busca de oportunidades e não conseguem se inserir no mercado de trabalho, qualificando-as para terem seu próprio negócio, formalizado. Assim podem usufruir de benefícios como a aposentadoria e a emissão de notas fiscais”, explica o titular da pasta, Geraldo Júnior.
 
Acompanhamento duradouro – “Não adianta só abrir a empresa sem ter qualificação. Por isso, antes da abertura, indicamos alguns cursos de qualificação e negócios, que podem ser presenciais ou on-line. Atuamos também com pessoas que já têm empresa e estão enfrentando dificuldades”, destaca o coordenador-geral do SIMM e CEM, Paulo Barbosa. As senhas começam a ser distribuídas 6h30, e o atendimento acontece das 7h às 17h, de segunda a sexta.  
 
Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), que é parceiro do CEM, os pequenos negócios respondem por mais de um quarto do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Juntas, as cerca de 9 milhões de micro e pequenas empresas no País representam 27% do PIB, um resultado que vem crescendo nos últimos anos.
 
O CEM foi inaugurado dia em novembro de 2016 e está localizado na Baixa dos Sapateiros, no edifício J.J. Center. Lá, são oferecidos serviços nas áreas de apoio à formalização, capacitação, financiamento e fomento/apoio de pequenos negócios. 
POR: Rita Moraes
Publicado em 27/02/2018