ConexãoIn

Comida deliciosa a preço justo. Vale a pena conferir o menu havaiano do Kawai

A chegada de novos restaurantes em Salvador, nem sempre é certeza de que alcançaremos o ideal gastronômico por aqui, ou seja, a associação da comida de ótima qualidade, de várias origens e com o preço justo. Pois a proposta do Kawai Hawaiin Poke é justamente essa: unir originalidade, sabor e preço justo, ingredientes fundamentais para o sucesso de um restaurante em uma cidade como Salvador, cuja renda per capta fica abaixo de R$ 1.260,00, segundo dados do IBGE, de 2017.

Localizado no Rio Vermelho, bairro que se consolida definitivamente como ponto da Cultura e da Gastronomia na Bahia, o restaurante Kawai oferece uma culinária marcada pelo sabor dos frutos do mar marinados e bem condimentados, aliado ao sabor marcante da gastronomia típica do Havaí. O ambiente é descontraído, leve e acolhedor, inspirado na filosofia Aloha, transporta o cliente a ideia de um paraíso praiano.

Os sócios Raphael Paiva, Lucas Matos, Dilson Paiva e a chef Lídia Yoshimoto põem a mão na massa mesmo, inclusive servindo se preciso for, o que é louvável.  Inaugurado há apenas cinco meses, o Kawai já apresenta uma excelente clientela. No domingo, 11, esteve lotado. Fui  conferir voluntariamente e me deliciei com o meu pedido: Mussubi, salmão prensado e enrolado numa folha e de sobremesa,  Pineapples Summer Dreams, sorvete de tapioca, abacaxi caramelizado com limão siciliano, tudo servido em pranchinhas de surf de madeira, um charme particular. Meus acompanhantes elogiaram sues pedidos e eu não consegui ficar sem experimentar! Falta voltar e tomar os drinks, que nessas noites quentes de Salvador certamente serão bem vindos!

Poke

O forte do restaurante é o Poke, comida típica havaiana feita com peixe fresco em cubos, marinados e servidos no bowl. Com grande influência da culinária japonesa, o diferencial do Poke está no sabor das marinadas unidas à proteína. “Você sai do básico peixe cru com shoyu, para uma marinada rica em sabores”, destaca Lidia Yoshimoto. Leve e refrescante, o prato reflete a identidade do Kawai que significa ‘o que vem do mar’. O cardápio extenso oferece uma variedade de recheios, molhos e a opção de vir acompanhado com arroz, mix de folhas ou quinoa. Deste modo, combina saúde com uma comida gostosa e diferente.

Os Drinks especiais

O restaurante aposta também nos Tiki Drinks, que ganham vida nas mãos do premiado mixologista Rafael Pizanti. Associados à Polinésia e ao Havaí, são aqueles drinks exóticos e decorados que fizeram sucesso na década de 1930, como explica Raphael Paiva, responsável por convidar o mixologista para assinar os drinks pela sua experiência e renome na área. “O Tiki Drink surge agora em coquetéis elaborados eem versões contemporâneas mais refrescantes e naturais”. Os copos, exuberantes e em formato exótico, foram trazidos pelos sócios diretamente dos Estados Unidos, completando a experiência de uma bebida mais encorpada e feita a partir de insumos de alta qualidade.

Assim, o conceito do Kawai é inspirado nos valores místicos do Havaí, que fundamenta a filosofia de vida dos havaianos e se expressa no chamado espírito Aloha. “É uma expressão muito importante para o povo havaiano. Todo o nosso treinamento foi com base nesses valores”, destaca Paiva. A palavra é formada através da junção de cinco letras que significam bondade, unidade, cordialidade, humildade e paciência. “Os clientes são recebidos com o Aloha, que sempre vem acompanhado de um sorriso no rosto”, comenta.

O Cardápio

Como tudo no Kawai remete ao mar, a concepção dos pratos não seria diferente. A comida é apresentada em pranchas. “A gente diz que o nosso poke chega surfando”, brinca. No menu, tem os Pupu’s que significa entradas em havaiano – cruas, marinadas fritas ou empanadas –ideais para compartilhar e foram elaboradas para acompanharem um drink; o Pokito, que é um prato feito com Poke, no formato dos burritos, e se assemelha ao sushi, mas possui tamanho e sabor diferentes, além de já vir temperado; há as saladas, que refletem o crescimento das dietas lowcarb em uma opção saudável e com um toque especial da casa; e as sobremesas, que são feitas a partir de ingredientes como abacaxi, coco verde e outros produtos naturais e típicos do Havaí.

O Poke, destaque da casa, é elaborado através de receitas originais e artesanais, tendo também versões adaptadas à nossa cultura, comenta Lucas. “Selecionamos os ingredientes mais frescos, coloridos e saudáveis, baseado na abundância de frutos do mar, vegetais e frutas”. Além disso, o cliente pode escolher outros pratos saborosos como o Kai’a Rice e a Hawaiian Canoe que servem três ou mais pessoas.

O Ambiente

Projeto do arquiteto José Marcelino e do designer e artista plástico Fabrício Branco. Móveis da Indonésia e mesas feitas com madeira de demolição. O projeto de paisagismo foi desenvolvido por Stenio Barbosa e Ruth Nunes.

A Acústica

A acústica do Kawai é feita a partir de um revestido com lã de garrafas pet que foram disponibilizadas pela empresa paulista Trisoft e fibras de dendê que foram feitas por uma comunidade quilombola de Moreré, que vive exclusivamente do artesanato que produz. O revestimento, 100% reciclável, foi pensado para proporcionar conforto acústico e bem estar aos clientes, prezando pela sustentabilidade e responsabilidade social.  O investimento na sonorização do espaço é resultado de um projeto de acústica e áudio desenvolvido pela empresa Audium, outro diferencial do restaurante. Há, ainda, uma playlist no Spotify do Kawai. Nela, os clientes podem acompanhar os hits que tocam na casa, como surf music e reggae havaiano.

Em parceira com a Red Bull TV, canal de esportes radicais, o restaurante exibe todo o tempo filmes de surf e outros conteúdos audiovisuais. Além de exibir vídeos que retratam a cultura havaiana no Canal Off e no Vimeo.

Ainda com a proposta de gerar identificação com o cliente a partir de uma experiência sensorial, uma fragrância foi desenvolvida exclusivamente para o Kawai, pela empresa Aromarketing. O ‘cheirinho’ com notas de abacaxi, limão siciliano e cardamomo é aplicado no ambiente, 20 minutos antes do público chegar e em um difusor no banheiro.

Foto em destaque do Shrimp Sticks – Sticks, crocantes recheados com camarão, cebolinha, cream cheese e molho Sweet Salt.

Serviço:
Restaurante Kawai Hawaiian Poke
Capacidade para 120 pessoas

Investimento R$ 500 mil
Rua Ilhéus, 241, Rio Vermelho
Funcionamento: de terça a domingo, a partir das 18h

POR: Rita Moraes
Publicado em 13/03/2018