ConexãoIn

Chintya Hinds, cantora que foi dada como morta fez um único sucesso: Let’s Fall In Love Again”

Um boato divulgado a quatro cantos nos EUA, fez da música “Let’s Fall In Love Again”, um sucesso em rádios e discotecas da década de 80 nos EUA e no mundo.

A dona da voz, cuja gravação, encontrada em 1982 e remasterizada por muitos produtores de música, ficou também conhecida por ter sido confundida com uma das 49 vítimas do serial killer Gary Leon Ridgway (Green River Killer ou Assassino do Rio Verde). Fotos suas foram espalhadas pelo mundo.

A partir daí ela seria conhecida como a cantora que não conheceu ao fama e que morreu tragicamente aos 17 anos. Pouca foto se tem dela, a não ser uma com 17 anos, e agora, aos 61.

Passados alguns anos, Chintya Hinds desmentiu a história e seguiu com sua vida e foi morar em Miami.

Agora, aos 61 anos a cantora regravou o sucesso estrondoso e volta agora as paradas de rádios americanas e em várias partes do mundo.

De 1987, ano de lancamento de “Let’s Fall In Love Again”, várias compilações com a música venderam centenas de milhares de cópias. Mas, pouco se ouviu falar de Cynthia, porque os boatos sobre sua morte continuaram forte. Enquanto isso, seu único sucesso segue batendo recordes. Só no YouTube são 4 milhões de visualizações.

Jogada de Marketing?

A cantora só tem como registro uma única canção, fato que enfatizou a história de sua trágica morte, aos 17 anos. Se jogada de marketing ou não, coque se sabe é que sua fama se fez em torno da história do assassinato e a música percorreu o mundo.

Agora, Chintya volta para provar que segue viva e sua música ainda mais eternizada, nos momentos de balada romântica de boites em todo mundo.

POR: Rita Moraes
Publicado em 05/02/2023