ConexãoIn

“Bob Cuspe, Não Gostamos da Gente”, animação premiada entre em cartaz dia 11 de novembro

BOB CUSPE, NÓS NÃO GOSTAMOS DE GENTE, estreia nos cinemas nesta quinta-feira, dia 11 de novembro, nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Palmas, Manaus, Maceió, Fortaleza, Florianópolis, Curitiba, Belo Horizonte, Balneário Camboriú, Aracaju e Afogados de Ingazeira.

Sobre o filme

Um dos personagens mais famosos dos quadrinhos nacionais, Bob Cuspe chega aos cinemas com o filme BOB CUSPE, NÓS NÃO GOSTAMOS DE GENTE, que ganhou o principal prêmio da Mostra Contrechamp, em Annecy, que é o maior festival de animação do mundo. O filme teve sua primeira exibição no Brasil na 45a Mostra Internacional de Cinema em São Paulo e será lançado nos cinemas pela Vitrine Filmes.

O longa, traz uma mistura gêneros, como documentário, comédia e road movie, e conta a história do protagonista, um velho punk, tentando escapar de um deserto pós-apocalíptico, que na verdade, é um purgatório na mente de seu criador, o cartunista Angeli, que passa por uma crise criativa. O filme conta com a dublagem de Milhem Cortaz, Paulo Miklos, André Abujamra, Grace Gianoukas e Laerte.

Evidenciando o humor e a estética típica da obra de Angeli, o longa alterna momentos de animação com depoimentos do próprio cartunista, combinando assim uma história de ficção de Bob Cuspe com o documental sobre o processo de criação do cartunista, que revisita o seu passado.

Sinopse

BOB CUSPE – NÃO GOSTAMOS DE GENTE é uma animação stop-motion que mistura documentário, comédia e road-movie. Conta a história de Bob Cuspe, um velho punk tentando escapar de um deserto pós-apocalíptico que é na verdade um purgatório dentro da mente de seu criador, Angeli, um cartunista passando por uma crise criativa.

Ficha Técnica do filme

Direção: CESAR CABRAL

ROTEIRO: LEANDRO MACIEL E CESAR CABRAL

PRODUÇÃO EXECUTIVA: CESAR CABRAL, IVAN MELO

DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA: ALZIRO BARBOSA

DIRETOR DE ANIMAÇÃO: THOMATE

DIRETOR DE ARTE: DANIEL BRUSON

BONECOS: OLYNTHO TAHARA

MONTAGEM: EVA RANDOLPH

EDIÇÃO DE SOM E MIXAGEM: CONFRARIA DE SONS & CHARUTOS

TRILHA SONORA: ANDRÉ ABUJAMRA E MÁRCIO NIGRO

IMAGEM E EFEITOS: QUANTA POST

DIREÇÃO DE PRODUÇÃO: ANÁLIA TAHARA

COORDENADORA DE PRODUÇÃO: STEPHANIE SAITO

PRODUCAO: COALA FILMES

COPRODUÇÃO: CANAL BRASIL

PRODUTORAS ASSOCIADAS: CUP FILMES, QUANTA POST

PATROCINIO:  PETROBRAS, SABESP, BNDES, BRDE, FSA, ANCINE, PROAC, SPCINE.

 

Sobre o diretor

Cesar Cabrasil é formado em Cinema e Vídeo pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) em 2002, onde se especializou em animação. Realizou em 2008 o curta-metragem em animação stop motion “Dossiê Rê Bordosa”, que conquistou mais de 70 prêmios em festivais nacionais e internacionais. Em 2010 dirigiu “Tempestade”, curta-metragem que participou de importantes festivais, como Annecy, Hiroshima, Havana e do Sundance Film Festival. Foi produtor executivo do longa-metragem “Assim é, se lhe parece”, dirigido por Carla Gallo. Presidente da Associação Brasileira de Cinema de Animação – ABCA, e em 2016 foi homenageado pelo Anima Mundi por sua trajetória na animação brasileira.

Cesar é diretor geral da série de animação “Angeli The Killer”, cuja primeira temporada foi exibida em 2017 pelo Cana Brasil e a segunda está em finalização. “Bob Cuspe – Nós Não Gostamos de Gente” (90’) é o seu primeiro longa-metragem e tem previsão de lançamento para 2021. Atualmente está em pré-produção de seu longa animado, “Um Pinguim Tupiniquim”, adaptação da obra de Índigo Ayer.

 

Sobre a Coala Filmes

Fundada em 2000, a Coala Filmes é um estúdio de animação brasileiro com sede em São Paulo, especializado em stop-motion e na mistura de arte e conteúdo original. Dois de seus curtas-metragens, Tempestade e Dossiê Rê Bordosa, ganharam mais de 100 prêmios em festivais de cinema em todo o mundo. Em 2017, a primeira série de TV da empresa, Angeli The Killer, foi exibida no Canal Brasil. A série esteve na Seleção Oficial de Annecy 2018, e agora uma segunda temporada está atualmente em pós-produção. A empresa está atualmente trabalhando na pré-produção de dois novos projetos Gildo, uma série de TV 2D infantil, e do longa Um Pinguim Tupiniquim, um filme para crianças que mistura stop motion e live action.

Sobre a Vitrine Filmes

A Vitrine Filmes, em dez anos de atuação, já distribuiu mais de 160 filmes e alcançou mais de quatro milhões de espectadores. Entre seus maiores sucessos estão ‘O Som ao Redor’, ‘Aquarius’ e ‘Bacurau’ de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles. Outros destaques são ‘A Vida Invisível’, de Karim Aïnouz, representante brasileiro do Oscar 2020, ‘Hoje Eu Quero Voltar Sozinho’, de Daniel Ribeiro, e ‘O Filme da Minha Vida’, de Selton Mello. Entre os documentários, a distribuidora lançou ‘Divinas Divas’, dirigido por Leandra Leal e ‘O Processo’, de Maria Augusta Ramos, que entrou para a lista dos 10 documentários mais vistos da história do cinema nacional.

Além do cinema nacional, a Vitrine Filmes vem expandindo o seu catálogo internacional ao longo dos anos, tendo sido responsável pelo lançamento dos sucessos “O Farol”, de Robert Eggers, indicado ao Oscar de Melhor Fotografia; “Você Não Estava Aqui”, dirigido por Ken Loach, e premiado com o Oscar de Melhor Filme Internacional 2021: ‘DRUK – Mais uma rodada’, de Thomas Vinterberg.

Em 2021, a Vitrine Filmes apresenta mais novidades, começando a atuar diretamente na produção audiovisual e também na capacitação de profissionais, com o programa de formação Vitrine Lab. Entre as estreias deste ano estão a Sessão Vitrine edição especial de 10 anos com lançamento coletivo de quatro longas, entre eles “A Torre”, de Sérgio Borges, “Entre Nós, um Segredo”, de Beatriz Seigner e Toumani Kouyaté, “Chão”, de Camila Freitas e “Desvio”, de Arthur Lins; o novo documentário sobre o impeachment da Dilma, “Alvorada”, de Anna Muylaert e Lô Politi; “First Cow”, da diretora Kelly Reichardt; “O Livro dos Prazeres”, de Marcela Lordy e muitos outros títulos.

#conexaoin

#conecetadocomanoticia

POR: Rita Moraes
Publicado em 09/11/2021