ConexãoIn

A greve e o caráter nacional. Artigo do jornalista Alex ferraz

Dispensável dizer que a grande maioria da população apoia a greve dos caminhoneiros. Resultado de uma revolta enrustida diante da distância cada vez maior entre governantes e parlamentares e a realidade nacional.
 
Gostaria de assinalar aqui, porém, que inúmeros fatos mostram uma face podre também em certos setores da sociedade civil.
 
Por exemplo, a absurda exploração da crise para superfaturar. Gasolina a R$ 9,90 o litro, produtos vegetais vendidos até por quatro vezes o preço normal, botijão de gás a 100 reais etc.
 
A ganância tem tomado conta de muitos comerciantes, mas isso não surpreende num país onde é tremendamente escassa a consciência do que seja a vida compartilhada em sociedade realmente civilizada.
 
Vocês devem se lembrar do furto de donativos enviados para milhares de vítimas de uma tragédia provocada por enchentes, anos atrás, em Santa Catarina. Até soldados das Forças Armadas foram acusados do roubo.
É a velha e lamentável “Lei de Gerson”, ou seja, “gosto de levar vantagem em tudo.”
 
NOTA EXTRA – Tem sido absurda a tolerância das autoridades do setor em relação ao transporte e armazenamento de combustível em galões e garrafas plásticas. Veículos têm circulado carregando dezenas feitos de gasolina, fora do tanque. Inclusive  motos.
 
Artigo do jornalista Alex Ferraz.
POR: Rita Moraes
Publicado em 28/05/2018