ConexãoIn

Vivo promove diversidade no universo gamer com campeonato Vivo Girlz On

 

A Vivo, uma das marcas preferidas dos gamers brasileiros, dá mais um passo pela diversidade nesse universo e realiza o Vivo Girlz On, primeiro campeonato de Free Fire exclusivo para mulheres. Com inscrições abertas, a competição será 100% online e vai unir jogadoras amadoras, pro-players, streamers e entusiastas em um cenário competitivo que também celebra e apoia o engajamento delas na comunidade de games e eSports. O Vivo Girlz On, projeto incentivado pelo Ministério do Esporte, nasce com a missão de destacar o cenário competitivo feminino nessa modalidade e incentivar a participação ativa das jogadoras para que possam demonstrar suas habilidades. 

 

 

“Acreditamos na importância de promover a diversidade nos games e o Vivo Girlz On dá sequência ao nosso posicionamento neste território, reforçando valores como respeito, equidade e inclusão. Essa competição dá espaço para que as jogadoras se destaquem, mas também enfatiza as valiosas contribuições das mulheres em todos os aspectos do mundo dos jogos eletrônicos”, afirma Marina Daineze, diretora de Marca e Comunicação da Vivo. 

Com a participação de nomes do cenário gamer e influencers como Acelora, Tay, Maisa Alves, Isa, SanzinhaFF e Caarolyt, a dinâmica será a seguinte: as inscrições vão até o dia 12 de novembro e as primeiras disputas acontecem a partir do dia 15 em duas etapas classificatórias, uma seguindo as regras tradicionais e outra seguindo instruções alternativas. As 40 melhores jogadoras vão ser divididas em cinco times, formados pela escolha de cada uma das influencers líder de squad. No dia 25, os grupos participam do draft e entrosamento. No dia 26, ocorrem as etapas eliminatórias e a grande final. Todas as partidas desse final de semana serão transmitidas via Twich. A equipe campeã levará para casa um prêmio de R$ 50 mil e o segundo lugar garante R$25 mil. Todas as finalistas também serão premiadas com aparelhos celulares Samsung Galaxy S23 Ultra. 

“A concepção, direção e execução do Vivo Girlz On são realizadas por uma equipe diversificada, refletindo o compromisso do projeto com a representatividade. Desde o início, reconhecemos que o objetivo não é apenas destacar a presença das mulheres, mas também demonstrar ao mercado a poderosa contribuição da diversidade para a criatividade e execução dessa iniciativa. Portanto, nosso propósito é ampliar não somente a participação feminina no jogo, mas também evidenciar que tudo foi construído por elas e para elas”, finaliza Ludmila Enkim, Diretora de Operações da eBrainz. 

Para saber mais sobre o Vivo Girlz On, acesse o site (https://girlzon.com.br/) e os perfis oficiais nas redes sociais, como Instagram, Facebook e X (ex-Twitter) no @girlzongg. 

Vivo nos games 

A Vivo investe nos eSports desde 2014, com patrocínios a eventos como CCXP, bem como equipes profissionais – Vivo Keyd e SPQR Brasil Team. Desde 2017, a marca também investe na produção de conteúdo para promover diversidade e inclusão nesse universo e um dos destaques é o projeto #MyGameMyName, que mostrou situações de assédio e opressão que gamers mulheres vivem durante partidas online. A Vivo produziu também a websérie Game Changers, que abordou diversos aspectos do cenário brasileiro de jogos eletrônicos e criou a campanha #eQuality, conscientizando as pessoas sobre a diferença salarial entre homens e mulheres. Recentemente, a marca reinaugurou sua Gaming House para que os colaboradores tenham um espaço totalmente equipado e possam usufruir do mundo gamer dentro da empresa. 

  

Sobre a eBrainz
Pioneira na conexão entre marcas e suas audiências através do universo dos games, a eBrainz está redefinindo o cenário por meio de sua criatividade, inovação e abordagem Game-Based. Com um DNA profundamente enraizado nesse conceito, a eBrainz acumulou um portfólio notável de parcerias bem-sucedidas desde 2017. Para obter mais informações, visite o site www.ebrainz.com.br

POR: Rita Moraes
Publicado em 03/11/2023