ConexãoIn

PREMIADO CINEASTA ALLAN DEBERTON COMEÇA A FILMAR NOVO LONGA EM CANOA QUEBRADA

Antes do premiado e querido “Pacarrete”, o cineasta cearense Allan Deberton realizou diversos curtas, entre eles, “O Melhor Amigo”, de 2013, protagonizado por Jesuíta Barbosa. Agora, para seu segundo longa, o diretor retoma a história do curta e o amplia, trazendo mais personagens e situações. Protagonizado por Gabriel Fuentes e Vinicius Teixeira, o filme está sendo rodado na praia de Canoa Quebrada e em Fortaleza, no Ceará. O filme tem distribuição da Vitrine Filmes e data prevista de estreia para o segundo semestre de 2024.

O MELHOR AMIGO tem como personagem central Lucas (Vinícius Teixeira), um rapaz que viaja sozinho à Canoa Quebrada, onde encontra um antigo amigo de faculdade, Felipe (Gabriel Fuentes). Desse reencontro vem à tona antigos desejos e novas descobertas e, a partir desse momento, Lucas busca materializar uma intimidade que há muito desejava. Com a participação dos cearenses Dênis Lacerda, Souma, Muriel Cruz, Rodrigo Ferrera, Solange Teixeira, Adna Oliveira e Walmick de Holanda, o elenco do filme ainda inclui Leo Bahia, Claudia Ohana, Mateus Carrieri, Diego Montez e participação especial da cantora Gretchen.

Deberton conta que esse é um projeto antigo. “Quando o curta estreou, percebi a recepção do público e o desejo de ver mais da história. Os feedbacks eram animadores. Boa parte do público via o curta como um longa incompleto. ‘Cadê o resto do filme?’ Eu me divertia com isso! Talvez devesse mesmo pensar no projeto como um longa-metragem.”

Ao abordar um tema universal, o amor platônico, o cineasta conta que pretende trazer no longa mais dinâmica e excitação, além de novos personagens. “O curta tem um espírito próprio e o longa precisa seguir algumas regras fundamentais: ser bastante colorido, musicado, ter uma energia de férias, de fim de semana. Convidei um time de roteiristas talentosos e começamos a refletir a história, a partir dos personagens. Era um desafio e tanto, eu queria chegar em algo novo. Tornou-se um musical recheado de hits que marcaram época e está ganhando forma incrível.” O roteiro é assinado por Deberton, Pedro Karan, Otávio Chamorro, André Araújo e Raul Damasceno.

Os dois protagonistas, por sua vez, definem trabalhar com Deberton como realizar um sonho. “Ele tem uma sensibilidade linda demais pra lidar com toda a equipe do filme. É impressionante como a energia do diretor influencia em todo o set, e o set com o Allan é dos mais lindos que já vivi. O Allan consegue estimular a gente a dar o nosso melhor todos os dias, mas com muito carinho e sensibilidade”, conta Vinícius Teixeira.

Gabriel Fuentes e Vinícius Teixeira passaram por uma etapa de preparação para os personagens com Georgina Castro. “Neste projeto, em especial, tivemos tempo pra solidificar muitas coisas e isso é incrível! O trabalho da Georgina foi muito sensível em várias camadas. Tive o privilégio de ficar em Fortaleza e Canoa Quebrada, onde se passa a história… Tive workshop com bugueiros, troquei muito com eles, aprendendo a cada dia mais sobre o sotaque cearense. E o Felipe tem muitas coisas conectadas comigo”, diz Gabriel Fuentes.

“Tivemos um mês intenso de investigação dos personagens e das cenas. Esse caminho com foi essencial e muito especial. Foi um período de muito foco e estudo pra dar conta de tudo, cuidando da saúde e mergulhando de cabeça e com muito amor para conseguir dar o meu melhor em todos os dias do processo”, comenta Vinícius Teixeira.

“É muito importante pra mim, neste filme, celebrar o amor, a diversidade, os corpos. Quero fazer o espectador dançar com o filme. Foi sempre um projeto muito desafiador desde o início, ainda bem que nunca desisti deste sonho. Vai ficar bonito”, diz o diretor.

O MELHOR AMIGO é uma produção da Deberton Filmes, coproduzido por Telecine e com apoio do BRDE/FSA/ANCINE. Será distribuído no Brasil pela Vitrine Filmes.

Ficha Técnica

Elenco: Vinicius Teixeira, Gabriel Fuentes, Gretchen, Claudia Ohana, Leo Bahia, Mateus Carrieri, Diego Montez, Dênis Lacerda, Souma, Rodrigo Ferrera, Muriel cruz, Walmick de Holanda, Solange Teixeira
Diretor: Allan Deberton
Produtores: Allan Deberton, Marcelo Pinheiro
Produtores Executivos: Patrícia Baia, César Teixeira
Produtora Associada: Ariadne Mazzetti
Roteiristas: Pedro Karam, Otávio Chamorro, Raul Damasceno, André Araújo, Allan Deberton
Coreografia: Vlad
Direção Musical: Jules Vandystadt
Arranjos, Orquestração e Trilha Sonora Original: Herlon Robson
Fotografia: Beto Martins
Direção de Arte: Rodrigo Frota
Figurinos: Chris Garrido
Maquiagem: Elen Barbosa
Som Direto: Guma Farias

Sobre Allan Deberton

Allan Deberton é formado em Cinema pela Universidade Federal Fluminense. Seus curtas-metragens participaram de mais de 150 festivais nacionais e internacionais, conquistando 76 prêmios .Coproduziu a série de TV “Lana & Carol”(Canal Futura) e o longa-metragem documentário “Do Outro Lado do Atlântico”, que teve estreia no 37º Festivalde Cinema de Havana (Cuba). Em 2019, “Pacarrete”, seu primeiro longa como diretor, fez estreia mundial no 22ºFestival Internacional de Cinema de Xangai, indicado ao Golden Goblet Awards. No Brasil, “Pacarrete” foi o grande vencedor do 47º Festival de Cinema de Gramado, conquistando 8 Kikitos, incluindo Melhor Filme, Melhor Filme Juri Popular, Melhor Roteiro e Melhor Direção. Fez parte da 43º Mostra de Cinema de São Paulo, 21º Festival do Rio, 23º Festival de Tiradentes, 29º Cine Ceará e 22º Florianópolis Audiovisual Mercosul. Internacionalmente, participou do Festin(Portugal), San Digo Festival de Cinema Latino (EUA), New Filmmakers Los Angeles(EUA), Festival de Cinema Independentede San Francisco (EUA), Cinemaissí (Finlândia), Festival Internacional de Cinema de Glasgow (Reino Unido), 23º Festival de Cinema Brasileiro de Paris (França), entre outros. Foi o grande vencedor do 47º Festival Sesc Melhores Filmes, do 20º Grande Prêmiodo Cinema Brasileiro e eleito Filme do Ano pelas Associações de Críticos do Rio Grande do Sul, do Rio Grande do Norte e do Rio de Janeiro. Entre outros prêmios importantes, recebeu o de Melhor Diretor do 24th International Film Festival of Kerala (Índia). Em 2021, produziu o longa documentário “Transversais”, de Émerson Maranhão, exibido na 45ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e no OutFest Fusion Los Angeles (2022), em cartaz na Netflix. Atualmente, é corroteirista e codiretor da série inédita da Disney Plus “Uma Garota Comum”. Deberton é membro da Associação Brasileira de Autores Roteiristas, da Associação de Produtores Independentes, da Academia Brasileira de Cinema e da Film Independent (EUA).

Sobre a Deberton Filmes

A Deberton Filmes é uma produtora e distribuidora cearense, dirigida por Allan Deberton. Produziu curtas-metragens que participaram de mais de 150 festivais nacionais e internacionais conquistando 76 prêmios. Coproduziu a série de TV “Lana & Carol”, licenciado para o Canal Futura, e o longa-metragem documentário “Do Outro Lado do Atlântico”, que teve estreia no 37º Festival de Cinema de Havana (Cuba). Em 2019, “Pacarrete”, de Allan Deberton, fez estreia mundial no 22º Festival Internacional de Cinema de Xangai, indicado ao Golden Goblet Awards. No Brasil, “Pacarrete” foi o grande vencedor do 47º Festival de Cinema de Gramado, conquistando 8 Kikitos, incluindo Melhor Filme, Melhor Filme Juri Popular, Melhor Roteiro e Melhor Direção. Fez parte da 43º Mostra de Cinema de São Paulo, 21º Festival do Rio, 23º Festival de Tiradentes, 29º Cine Ceará e 22º Florianópolis Audiovisual Mercosul. Internacionalmente, participou do Festin (Portugal), San Digo Festival de CinemaLatino (EUA), New Filmmakers LosAngeles (EUA), Festival de Cinema Independente de San Francisco (EUA), Cinemaissí (Finlândia), Festival In-ternacional de Cinema de Glasgow (ReinoUnido), 23º Festival de Cinema Brasileiro de Paris (França), entre outros. O filme foi ainda o grande vencedor do 47º Festival Sesc Melhores Filmes, do 20º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro e eleito Filme do Ano pelas Associações de Críticos do Rio Grande do Sul, do Rio Grande do Norte e do Rio de Janeiro. Em 2021, produziu o longa documentário “Transversais”, de Émerson Maranhão, exibido na 45ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e no OutcFest FusioncLos Angeles (2022), atualmente no catálogo da Netflix.

Sobre o Telecine

Com 30 anos de programação dedicada ao cinema, o Telecine possui o maior catálogo de filmes do país, construído a partir de curadoria altamente especializada. O acervo contempla a pluralidade da indústria e reúne clássicos de grandes estúdios, do mercado independente e nacional; além de franquias de sucesso e lançamentos exclusivos. Ao longo dos anos, o Telecine ampliou a sua capilaridade de distribuição, permitindo que o assinante consuma em um só local o catálogo completo de filmes e acompanhe, em simulcasting, os seis canais lineares: Premium, Touch, Action, Pipoca, Cult e Fun. É assim que a marca especialista em cinema promove experiências para o público ter o ‘Seu Momento Cinema’ como, quando e onde quiser.

Sobre a Vitrine Filmes
A Vitrine Filmes, desde 2010, já distribuiu mais de 200 filmes e alcançou milhares de espectadores nos cinemas do Brasil. Entre seus maiores sucessos, estão: “Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, vencedor do Prêmio do Júri do Festival de Cannes 2019; “O Processo”, de Maria Augusta Ramos, que entrou para a lista dos 10 documentários mais vistos da história do cinema nacional; e “Druk: Mais Uma Rodada”, de Thomas Vinterberg, vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2021.

Em 2020, a Vitrine Filmes iniciou um novo ciclo de expansão e renovação. Entre as iniciativas estão o lançamento da Vitrine España, que produz e distribui longas metragens na Europa; a criação do selo Manequim, focado na distribuição de filmes com apelo a um público mais amplo; o Vitrine Lab, curso online sobre distribuição cinematográfica, vencedor do prêmio de distribuição inovadora do Gotebörg Film Fund 2021; e Vitrine Produções, para o desenvolvimento e produção de títulos brasileiros.

Desde 2021, Vitrine produz e co-produz curtas, documentários e longas-metragens, dentre eles “Amigo Secreto” (DocLisboa 2022), de Maria Augusta Ramos, que teve mais de 15 mil espectadores nos cinemas brasileiros; “O Nosso Pai”, curta de Anna Muylaert exibido no Festival de Brasília; Levante, de Lillah Halla, vencedor do prêmio FIPRESCI na Semana da Crítica 2023; e Retratos Fantasmas, novo documentário de Kléber Mendonça Filho, também exibido em Cannes em 2023 e candidato brasileiro ao Oscar 2024.

POR: Rita Moraes
Publicado em 14/09/2023