ConexãoIn

Natal solidário: 30 campanhas sociais que vão ajudar famílias do Brasil

O Natal é marcado pela ajuda ao próximo. Foto: Freepik

O Natal está chegando e o espírito voluntário deve ganhar força neste ano. Pensando em ajudar o próximo, o Instituto Conecta Brasil, Organização de Sociedade Civil (OSC), abriu novas campanhas sociais de doações, que visam ajudar famílias em situação de vulnerabilidade e comunidades localizadas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco e no Distrito Federal.
Ao todo, são 30 campanhas online em andamento, que contemplam doações de cestas básicas e brinquedos.
“O Natal é marcado por ser uma época de solidariedade, em que muitas pessoas desejam ajudar as famílias em situação de vulnerabilidade e hoje isso pode ser feito de maneira remota, por meio de contribuições online. As pessoas que desejam ajudar nas campanhas do Instituto podem fazer doações a partir de R$ 1. Os valores arrecadados são convertidos nos itens divulgados em cada campanha, que diferem a depender da causa e do público-alvo”, explica Isabela Mendes, head de gestão de projetos sociais do Conecta Brasil.

 

O Instituto Conecta já realizou a entrega 16,1 mil cestas básicas, 5,4 mil brinquedos, 6,9 mil kits de material escolar e 1,5 mil litros de leite em todo o território nacional.
Quem quiser ajudar pode entrar no site do Instituto, escolher com qual causa prefere colaborar e realizar suas contribuições diretamente pela plataforma. Ao todo, são mais de 450 instituições brasileiras aprovadas, mais de 2,5 mil voluntários ativos e 173 mil pessoas impactadas pelas campanhas sociais do Instituto.

Sobre o Instituto Conecta Brasil

O Instituto Conecta Brasil é uma Organização da Sociedade Civil (OSC) criada para impulsionar a filantropia estratégica por meio de uma plataforma digital e gratuita, que incentiva a cultura de doação e viabiliza o voluntariado. O Conecta Brasil é guiado pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU) para inserir as pessoas no centro do desenvolvimento, criando oportunidades para que voluntários e doadores possam se conectar às ações e levando ajuda a quem está em situação de vulnerabilidade em todos os estados brasileiros. O instituto, desde a sua criação em 2020, já impactou mais de 173 mil pessoas.

POR: Rita Moraes
Publicado em 30/11/2023