ConexãoIn


Viúva de assassino de Daniella Pérez é investigada por estelionato e formação de quadrilha

Deu o que falar…

Juliana de Pádua Lacerda, viúva de Guilherme de Pádua, assassino confesso da atriz Daniella Perez (1970-1992), está sendo investigada pela Polícia Civil de Belo Horizonte, em Minas Gerais.

A ex-mulher do ator está sendo acusada de crimes de estelionato e formação de quadrilha. Ela teria roubado uma loja de açaí e uma empresa imóveis, além de ter extorquido idosos.

Segundo a polícia, Juliana de Pádua entrou para uma quadrilha de estelionatários que atuava em Recife, em Pernambuco, após ela mesma cair em um golpe aplicado por eles. A mulher transferiu R$ 40 mil como investimento para uma empresa, que posteriormente descobriu ser “fantasma”, além de dar um carro como outra parte do pagamento.

Mesmo com a alta quantia, ficou faltando dinheiro e a quadrilha foi c obrá-la em Belo Horizonte. Endividada, Juliana de Pádua passou a integrar o grupo de criminosos e bloqueou todos os familiares das redes sociais.

Desde outubro de 2023, ela e os comparsas aplicaram centenas de golpes. Somente em um único CNPJ, há mais de 200 boletins de ocorrência. Alguns dos crimes ocorreram no município de Pedro Leopoldo.

https://www.terra.com.br/diversao/gente/viuva-de-guilherme-de-padua-e-investigada-saiba-quais-os-crimes-que-ela-e-acusada,d73baab797e5099df1432adad50f2423kcs1j3fq.html?utm_source=clipboard

POR: Rita Moraes
Publicado em 04/07/2024