ConexãoIn

Universidade Católica de Salvador

A nova gestão, que já foi apresentada a equipe da universidade, será liderada pelo prof. Márcio Pereira Dias e terá como objetivo a recuperação da UCSAL, que possui uma dívida de R$ 200 milhões e corre risco de falência.

O empresário Wellington Guimarães e suas instituições têm frequentado o noticiário de desvios em programas governamentais. Em 2021, na gestão de Milton Ribeiro no Ministério da Educação, exonerado por suspeita de corrupção, surgiram denúncias de que o grupo comandado por Wellington Guimarães seria um dos envolvidos em esquemas de fraudes no Fies (Financiamento Estudantil) que poderiam chegar a R$ 1 bilhão. Na época, das 22 mantenedoras identificadas nas fraudes, seis delas pertenciam ao grupo Brasília Educacional. O empresário negou todas as acusações.

Apesar do caráter polêmico do empresário, a expectativa na UCSAL é que a nova gestão possa regularizar a situação da instituição.

POR: Rita Moraes
Publicado em 28/07/2022