ConexãoIn

Sofia Medina vence etapa ROXY do Saquarema Surf Festival

No último domingo ,21, mais um Medina subiu ao pódio. Sophia Medina venceu a etapa ROXY Pro QS 3000, no Saquarema Surf Festival. A irmã caçula do tricampeão mundial de surfe, Gabriel Medina.

Esta foi a primeira vitória de Sophia em uma etapa válida pelos campeonatos na categoria adulta da World Surf League. Por tabela, Medina também alcançou a liderança no ranking regional da WSL América Latina, classificatório para o Challenger Series de 2022, que garante vagas para a elite do circuito mundial.

Sophia ficou em primeiro nas baterias do round dos 32 e nas oitavas, que tinham quatro surfistas na água. Já nas quartas e nas semis, Medina obteve as maiores médias do campeonato, somando 15,00 e 15,33 pontos contra as brasileiras Laura Raupp e Larissa Santos respectivamente. Na semifinal, Sophia também fez a melhor onda do campeonato, com uma nota 8,00.

Na final, contra a peruana Daniela Rosas, Sophia Medina não começou bem e Rosas assumiu a dianteira logo nas duas primeiras ondas. Porém, apostando nas suas fortes manobras de frontside nas direitas de Saquarema, a brasileira surfou três boas ondas em sequência, ganhando notas 6,47, 7,57 e 6,70, e assim abriu uma vantagem sólida. A peruana não conseguiu reagir e Sophia venceu com uma somatória de 14,27 pontos, contra 12,34 de sua adversária

A surfista ficou em primeiro nas baterias do round dos 32 e nas oitavas, que tinham quatro surfistas na água. Já nas quartas e nas semis, Medina obteve as maiores médias do campeonato, somando 15,00 e 15,33 pontos contra as brasileiras Laura Raupp e Larissa Santos respectivamente. Na semifinal, Sophia também fez a melhor onda do campeonato, com uma nota 8,00.

Na final, contra a peruana Daniela Rosas, Sophia Medina não começou bem e Rosas assumiu a dianteira logo nas duas primeiras ondas. Porém, apostando nas suas fortes manobras de frontside nas direitas de Saquarema, a brasileira surfou três boas ondas em sequência, ganhando notas 6,47, 7,57 e 6,70, e assim abriu uma vantagem sólida. A peruana não conseguiu reagir e Sophia venceu com uma somatória de 14,27 pontos, contra 12,34 de sua adversária

Sophia foi carregada do mar até o palco pelo pai e treinador, Charles Medina. “Eu nem estou acreditando que acabei de ganhar um QS 3000. Esse sempre foi meu maior sonho, era uma das minhas maiores metas e estou muito feliz. É muito difícil passar do amador pro profissional. É um choque de realidade e eu treinei muito para estar aqui hoje. Eu me emociono, porque foi muito trabalho duro para chegar até aqui e Deus é muito bom. Foi Ele que me deu a vitória e estou muito feliz por todo esse trabalho estar sendo recompensado”.

Com 16 anos, Sophia segue os passos de sucesso do irmão, que venceu sua primeira etapa de QS aos 15 anos, em Florianópolis. Mesmo vivendo um momento familiar conturbado, Gabriel comemorou a vitória de Sophia nas redes sociais e ressaltou que não há como não lembrar da sua própria trajetória vendo a irmã se tornar surfista profissional.

#Conexaoin 

#conectadocomanoticia

#surf

POR: Rita Moraes
Publicado em 22/11/2021