ConexãoIn

Rio Grande do Sul monitora homem que pode ser terceiro caso suspeito da doença no Brasil

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) do Rio Grande do Sul informou, na manhã desta segunda-feira (30), que está monitorando um homem que pode ser o terceiro caso da varíola dos macacos no Brasil.

Segundo a SES, o indivíduo tem histórico de viagem para fora do país. Porém, o caso “ainda está em discussão com o Ministério da Saúde para avaliar se entra como suspeito, pois a pessoa tem outro diagnóstico confirmado. Isso a princípio descartaria o caso. Então, não temos a definição se vai entrar como caso suspeito, pois ainda está em investigação”.

Já o Ministério da Saúde diz que “até o momento, não há confirmação do rumor como caso suspeito” e que segue monitorando juntamente com a secretaria estadual.

A Secretaria de Saúde de Porto Alegre disse que também monitora o caso junto ao ministério.

O MS confirmou nesta segunda que foi notificado de dois casos no Brasil. Um no Ceará e um em Santa Catarina.

Os pacientes estão isolados e em recuperação, sendo monitorados pelas equipes de vigilância em saúde. A investigação dos casos está em andamento e será feita coleta para análise laboratorial.

POR: Rita Moraes
Publicado em 30/05/2022