ConexãoIn

Restaurante Mistura realiza jantar em prol dos indios Pataxós, do Sul da Bahia

 No próximo dia 04/08, às 19h30, o restaurante Mistura Contorno vai realizar um jantar solidário exclusivo como uma saudaçãà Mãe Terra e um tributo especial à riqueza ancestral dos Povos Indígenas pela contribuição na formação da sociedade e da cultura brasileiras. O Jantar das Origens é uma iniciativa de caráter social, em homenagem à Aldeia Juerana, do sul da Bahia, com renda revertida para a comunidade Pataxó.

Um convite especial para valorizar a natureza e degustar seus sabores mais puros em um menu feito a quatro mãos, numa parceria entre as chefs Andréa Ribeiro e Tamikuã Nicacio, cozinheira indígena da Aldeia Juerana. Serão 9 etapas, harmonizadas com vinhos brasileiros das vinícolas Dom Cândido e Rio Sol, água, café orgânico Colheita das Alegrias, de Vitória da Conquista, e bebidas não alcoólicas, por R$ 280,00, por pessoa, mais taxa de serviço (opcional). O evento também contará com uma apresentação musical e exposição visual da artista do Povo Maxakali, Isadora Kerexu. Os lugares são limitados, com venda antecipada e mesas compartilhadas, incentivando uma conexão  ancestral que seja compartilhada por todos

A ideia de realizar o evento veio após a Chef Andréa Ribeiro se encantar com a experiência de ficar à frente da cozinha indígena da Aldeia Patacho Juerana, na zona rural de Porto Seguro, e ver como a nossa origem selvagem e natural tem um especial cuidado com a Mãe Terra e a alimentaçãoEla conheceu a Aldeia Juerana ao iniciar uma expedição em busca de regiões e famílias com produção de ingredientes orgânicos, tendo como propósito maior a valorização da terra, da natureza e das nossas origens. Ao conhecer de perto a aldeia e interagir com as indígenas e sua culinária, sentiu que deveria ir além e ajudar os povos ancestrais com um projeto gastronômico e cultural que reconhecesse os direitos dos índios pela terra.

Esse projeto veio para mim como um propósito maior e resolvi fazer um jantar que representasse as origens do Brasil e que ajudasse a conscientizar as pessoas perante tudo o que vem acontecendo com os índios, especialmente agora, contribuindo para valorizar os guardiões das matas e do planeta, pois todo o nosso conhecimento e cultura ancestrais, da nossa floresta, raízes e plantas estão nas mãos deles”, declara Andréa Ribeiro, que teve a sorte de participar do aniversário da Aldeia Pataxó Juerana, no dia 01/06, e de acompanhar toda a organização e o processo de preparo dos pratos comemorativos, fazendo parte da produção dos alimentos e resgatando suas próprias origens ao cozinhar para todos a receita do “arroz da terra” da sua mãe, mexido com o caldo de galinha caipira.

Aldeia Juerana

Povo Pataxóassim como outras linhagens indígenas, está presente na costa brasileira desde muito antes de ela ser chamada Costa do descobrimento. Ao longo de mais de 500 anos de história, aldeias dos povos originários têm resistido em defesa de sua cultura ancestral, território e modos de produção tradicionais em comunidades remanescentes. Como na Aldeia Juerana, onde vivem 68 famílias que trabalham com agricultura e artesanato na zona rural de Porto Seguro, no sul da Bahia, se destacando pela forte presença e liderança feminina e onde as mulheres são responsáveis pelo principal atributo que torna o povoado reconhecido: sua culinária.

Essa história de resistência, a força das indígenas e a agricultura familiar atraíram a atenção de Andréa, Chef do restaurante Mistura, interessada na cultura genuinamente brasileira e nas riquezas ancestrais da nossa gastronomia. Com este jantar solidário, ela conseguiu concretizar seu propósito. “Será uma espécie de resgate às nossas raízes, um evento que reverência a natureza sagrada e a gastronomia ancestral, valorizando a cultura e as tradições dos Povos Originários, oferecendo a experiência de um menu com com produtos orgânicos e oriundos da agricultura familiar”, explica Andréa, que esteve com a principal liderança da Aldeia Juerana, a Cacica Yamani Pataxó, e elaborou todo o cardápio com a chef indígena Tamikuã Nicácio, uma forte liderança Pataxó. Juntas, elas vão valorizar produtos e ingredientes derivados da mandioca, como tapioca, farinha puba, aipim, inhame e cará,  além do coco, abóbora, urucum, jenipapo e muito mais.

A Chef diz que ficou muito feliz com todo esse processo e se encantou com a leveza do ser dos indígenas, com o convívio harmônico da aldeia com a natureza, uso da palha e de folhas na cocção, como a de Patioba, com a força do fogo com o respeito à natureza e à Mãe TerraEssa compreensãnos leva a refletir que todos nós temos que nos conscientizar mais para preservar as florestas, cada um fazendo um pouco, especialmente na questão do lixo, que também é muito preocupanteTudo isso é simbolizado pela árvore que dá nome à aldeia, Juerana, que também recepciona os visitantes com um mensagem de resistência, renovação e preservação da natureza sagrada e reverenciada. Ela seca por um tempo e depois floresce novamente, ajudando a entender um ciclo que ensina a estar unido para vencer desafios”, explica.

Menu

Pães de Jenipapo

Cawi

Tapioca com caranguejos e coco 

Aviu de milho verde com camarão voador 

Atum com cará

Batata doce na brasa com carne seca no moquém

Escabeche com pirão de peixe e vinagrete 

Javali com urucum, cuscuz, cará e agridoce de manga 

Galinha caipira com arroz da terra 

Guaiuba na folha da patioba moqueado com vatapá e farinha de puba 

Degustação de doces 

Bolo de puba na palha 

Tapioca assada com leite de coco 

Caramelo de Jenipapo 

Doce de abóbora com coco 

Clássico Siricaia 

Sorvete de mangaba com melaço de cana e banana 

Café coado com biscoito de mel uruçu

 

SERVIÇO 

O quê:

Jantar das Origens

 

Quando:

Dia 04/08, às 19h30

 

Onde: 

Restaurante Mistura Contorno 

@mistura.restaurantes 

 

Quanto:

Menu exclusivo, em 9 etapas, assinado pelas chefs Andréa Ribeiro e pela indígena Tamikuã Nicacio, harmonizado com vinhos brasileiros das vinícolas Dom Cândido e Rio Sol, água, café orgânico Colheita das Alegrias, de Vitória da Conquista, e bebidas não alcoólicas, por R$ 280,00, por pessoa, mais taxa de serviço (opcional).

Ação social:

Renda revertida para a Aldeia Pataxó Juerana

@aldeia_indigena_pataxo_juerana

Apresentação musical e exposição visual

Artista do Povo Maxakali, Isadora Kerexu 

@isadorakerexu

Informações e vendas:

(71) 2132-8277 / WhatsApp e (71) 2137-0741

Venda antecipada, lugares limitados a 80 pessoas, em mesas compartilhadas.

 

POR: Rita Moraes
Publicado em 01/08/2022