ConexãoIn

Poesias de Carlos Cardoso unem o trabalho do casal Malu Mader e Tony Bellotto

Dando continuidade ao Projeto de Transmídia da obra do poeta Carlos Cardoso, alguns poemas do livro, Melancolia – eleito, em 2019, o melhor livro de poesia da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes), agora ganha leitura do casal Malu Mader e Tony Bellotto.

As poesias: Frouxo, Ora e Para-raios são recitadas por Tony Bellotto. Enquanto Malu Mader declama os poemas: Hoje, Folhas secas, Não hoje, No seu olhar, O passado e A pedra no carnavalPoemas do livro já foram recitados também pelos atores Othon Bastos, Patricia Pillar e Marco Ricca, que estão no YouTube (Carlos Cardoso Oficial) e nas redes sociais. Poemas de Carlos Cardoso, citados por Othon Bastos, também foram exibidos no Canal Curta!.

Malu Mader

Atriz de teatro, cinema e TV. Iniciou sua carreira aos 16 anos. Malu Mader alcançou sucesso e é reconhecida nacionalmente.

Recentemente, Malu Mader protagonizou, a série Não Foi Minha Culpa, de Susanna Lira, que será exibida pelo streaming Star+, um braço adulto da Disney+ neste ano.

Tony Bellotto

Tony Bellotto é musico e escritor brasileiro. É guitarrista e compositor da banda de rock TITÃS desde a sua criação nos anos 80.

Dom, o décimo romance de Tony Bellotto, recria a trajetória trágica do jovem assaltante carioca Pedro Dom, que virou série no Amazon Prime Vídeo, dirigida por Vicente Kubrusly e Breno Silveira, sendo uma das mais vistas no Brasil em 2021.

Carlos Cardoso

 Carlos Cardoso é considerado o representante de uma nova poética no país. Sua produção literária é marcada por uma escrita singular e de dicção própria, o que torna sua obra independente e única.

 Sobre Carlos Cardoso

Carioca, nascido em 1973, tem formação em engenharia. Sua produção literária é marcada pela intensa reflexão sobre o fazer poético e a efemeridade da existência.

 Sobre a Obra

Melancolia, editora Record é um livro que nasce com tamanha aceitação e carisma, reunindo, antes mesmo de sua publicação, grandes nomes e encontros da literatura e das artes visuais.

O livro chega com textos de apresentação de Antonio Carlos Secchin, autor do posfácio, e com textos de Heloísa Buarque de Hollanda, que assina a orelha. A capa nasceu de um encontro do poeta com o pintor e escultor Carlos Vergara, que se envolveu completamente e, inspirado na temática do livro, produziu uma instalação exclusivamente para ilustrar a obra.

Num só verso o universo se condensa, e cabe à poesia ritualizar perpetuamente a encenação de um mundo sem origem e sem fim. É o que faz, com talento e consistência, Carlos Cardoso em Melancolia”, afirma Antonio Carlos Secchin.

 “Sem pólvora, sem sentimentos de desalento, a melancolia se revela palavra. Apenas palavra. A palavra escrita, fluida, buscada, necessária. Palavra que procura se desvencilhar das armadilhas da própria poesia”, destacou Heloisa Buarque de Hollanda.

Alguns de seus poemas foram traduzidos e publicados em livros, revistas de artes e crítica literária de países como França, Espanha, Itália, Portugal, Bulgária, Ucrânia, Colômbia, Vietnã, México e outros.

YouTube – Carlos Cardos

https://youtu.be/oOiX3e9LKRM – Malu Mader lê o poema “No seu olhar”

https://youtu.be/IoqBBbtRhN0 – Tony Bellotto lê o poema “Frouxo”

https://youtu.be/STosnidHZ8E – Malu Mader lê o poema “A pedra no carnaval”

POR: Rita Moraes
Publicado em 27/04/2022