ConexãoIn

Pelé segue internado após retirada de um câncer no intestino

O ex-jogador, de 80 anos, deu entrada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, na última terça-feira, 7,  e segue hospitalizado desde então. Ele retirou um tumor cancerígeno no intestino.

O Rei disse que se sente bem, pronto para “encarar mais essa grande partida com um sorriso no rosto”. O último boletim médico divulgado é de segunda-feira.

Desde que apresentou problemas no quadril o Rei do Futebol já realizou diversas cirurgias e hoje se locomove com ajuda de cadeira de rodas.

Ao ser internado, na semana passada, Pelé também usou uma rede social para desmentir informações de que tivesse desmaiado. Ele disse que estava bem de saúde – e brincou que não poderia jogar no domingo seguinte.

Em entrevista o filho de Pelé, Edinho chegou a falar que o pai estava deprimido e muito abatido e que não seguia as recomendações médicas, que recomendava ao Rei fisioterapia intensa.

Entenda a doença 

O colón direito é uma parte do intestino grosso, que absorve água e sal de toda matéria alimentar remanescente depois de passar pelo intestino delgado. O tumor na região é o terceiro mais comum entre os homens, só fica atrás do de próstata e de pulmão.

A lesão suspeita é tratada com uma cirurgia, que a retira do intestino, deixando margens de segurança dos dois lados e que também conta com a retirada dos gânglios, que protege para que o câncer não avance para outros órgãos.

#Conexaoin 

#conectadocomanoticia

POR: Rita Moraes
Publicado em 09/09/2021