ConexãoIn

Pai de Anna Winehouse processa amigas da cantora

 

Mitch Winehouse, pai da cantora que morreu em 2011, abriu um processo contra duas amigas de Amy. Ele pede 732 mil libras (cerca de R$ 4,5 milhões) e alega que elas lucraram com a venda de bens pessoais da artista em um leilão. As informações são do site britânico Daily Mail.

 

Atualmente, Mitch é o administrador do patrimônio da cantora. Ele alega que Naomi Parry e Catriona Gourlay enviaram “vários itens de propriedade pessoal de Amy” para dois leilões em 2021 e neste ano. O pai argumenta que, ao venderem os objetos, converteram a propriedade da cantora para o “uso próprio”.

Por isso, ele pede 534 mil libras (R$ 3,2 milhões) de Naomi e 198 mil libras (R$ 1,2 milhão) de Catriona, suposta amante de Amy.

Em novembro, um comunicado do Amy Winehouse Estate dizia que os itens de vida e carreira da cantora foram doados em 2021, com 30% dos lucros indo para a Amy Winehouse Foundation.

A nota informava que “dois indivíduos venderam vários itens naquele leilão e retiveram os lucros: os itens eram todos relacionados a Amy. Este ano, colocaram mais itens relacionados a Amy em leilão e juntos os dois leilões geraram somas de seis dígitos para cada um”.

Segundo o comunicado, a organização questionou como os itens chegaram à posse desses indivíduos, hoje identificados como Naomi e Catriona, e “não obteve respostas satisfatórias”. O espólio lançou, portanto, “um processo legal para esclarecer a situação”.

 

POR: Rita Moraes
Publicado em 25/12/2023