ConexãoIn


Magnata com R$ 97 bilhões pede separação de jeito estranho e a ex dá o troco

O poderoso australiano Rupert Murdoch, 91 anos, dono de influentes jornais e canais de TV, e a veterana modelo americana Jerry Hall, 66 estão se separando.

Após 6 anos, ele decidiu dar “bye, bye’ a ex-Mulher de Mick Jagger . Ele comunicou a separação à esposa bem ao estilo de um homem de negócios: por e-mail. “Acabou e agora nos falaremos apenas por meio dos advogados”, informou o dono de fortuna equivalente a quase R$ 100 bilhões. 

Chocada, Jerry não deixou barato. Acionou um advogado que conseguiu driblar os seguranças de Murdoch e entregar nas mãos dele – antes de o empresário embarcar em seu jato para uma viagem – o pacto pré-nupcial que garante seus direitos em caso de separação. 

Agora, o ricaço não pode fugir da obrigação. Terá de depositar uma mesada anual à ex. A quantia: 10 milhões de libras, cerca de R$ 63 milhões. Essa bolada é para a top model viver com “algum conforto e segurança”, disse seu representante. 

Ela também receberá um apartamento em Nova York e o usufruto de algumas propriedades luxuosas do ex-marido, além de ter à disposição um jato executivo para seus deslocamentos (gente muito rica não viaja em voo comercial, sorry). 

Segundo o ‘The New York Times’, Murdoch alegou que decidiu se separar após constatar “diferenças inconciliáveis”.

Famosa desde a década de 1970, Jerry Hall foi casada com Mick Jagger, com quem teve 4 filhos. Era amiga íntima do lendário artista pop Andy Warhol e posou algumas vezes para o pintor Lucien Freud. Como atriz, participou do filme ‘Batman’, dirigido por Tim Burton em 1989.

Novamente solteira, a modelo terá R$ 5,250 milhões por mês de pensão.

 
POR: Rita Moraes
Publicado em 09/08/2022