ConexãoIn

Macacos atiram bebê de terceiro andar de prédio

Um bebê de quatro meses foi retirado dos braços de seus pais por macacos e jogado do terceiro andar de um prédio pelos animais, segundo a família relatou às autoridades. O terrível incidente ocorreu na vila rural de Dunka, perto de Bareilly, no estado de Uttar Pradesh, no norte daÍndia, onde Nirdesh Upadhyay estava no terraço de sua casa com sua esposa e seu filho bebê.

Segundo o jornal britânico Daily Mail, a família estava no terraço, na sexta-feira passada, quando um grupo de macacos subiu no telhado e em um momento de fúria os cercou. Depois de tentar afastar os animais e não conseguirem, os pais do bebê correram para as escadas na tentativa de escapar. Mas, Nirdesh, que estava carregando seu filho, tropeçou e deixou a criança cair.

Segundos depois, antes mesmo que qualquer um dos pais da criança pudesse reagir, um dos macacos agarrou o bebê pela mão e o atirou do telhado. Assustados, os pais conseguiram voltar para dentro da casa e desceram as escadas para ajudar o filho, mas a criança teria morrido no local.

O incidente está agora sob investigação com as autoridades da delegacia de Shahi. O chefe de conservação da cidade de Bareilly, Lalit Verma, disse ao PTI Newsque sua equipe foi enviada para investigar o envolvimento de macacos na morte da criança.

Outros ataques de macacos 

Segundo o veículo britânico, Uttar Pradesh é o lar de uma enorme população de macacos, que vagam livremente por muitas das vilas e cidades do estado. Embora os animais geralmente consigam viver em relativa harmonia ao lado dos humanos que residem na região, há vários casos documentados de macacos atacando pessoas, em particular crianças.

Um exemplo foi o caso de uma menina de cinco anos que foi morta por macacos na aldeia de Bichpuri, no distrito de Bareilly de Uttar Pardesh, em fevereiro. Narmada Kishore estava brincando com seus amigos perto do rio Nakatiya quando os macacos a atacaram e começaram a mordê-la por todo o corpo, segundo o Times of India.

O pai de Narmanda, Nand, disse ao jornal: “Os macacos foram bastante agressivos e morderam minha filha em quase todos os lugares. Quando cheguei ao local, ela estava gritando por socorro. A menina foi levada às pressas para o centro de saúde comunitário, mas morreu devido a grande perda de sangue.

POR: Rita Moraes
Publicado em 19/07/2022