ConexãoIn

Influencer é réu por falsos laudos medicos

A Justiça de Alagoas tornou  o influenciador digital Gui Pagnoncelli réu pelo crime de estelionato. Ele é investigado por falsos laudos medicos.  O processo corre na terceira Vara Criminal de Alagoas e ele pode se defender. O rapaz é conhecido na internet desde 2012, quando começou a promover vaquinhas online para custear seu tratamento para um câncer raro.

Processo

Dois dos medicos, que seriam responsaveis pelos laudos apresentados à Justiça não reconhecem o conteudo dos documentos.  Glauco Moreira Leitão e Patrícia Cerqueira Wanderley alegaram em declaração “que não omitiu ou subscreveu tais documentos.

A conta de instagram de Gui foi suspensa por ele, apos alguns internautas o acusarem de usar os recursos arrecadados nas doações para despesas de ordem pessoal.

Diante das acusações, o rapaz afirmou que estava sendo  vítima de um linchamento virtual e abriu um boletim de ocorrência contra notícias falsas sobre ele.

Gui também fez um vídeo em seu perfil no Instagram falando sobre o caso e dizendo que não se manifestou antes pois está internado desde o dia 16.

O jovem foi diagnosticado em 2012 com um tumor conhecido como adenocarcinoma, localizado no estômago. Segundo ele, o valor arrecadado desde 2017 é de cerca de R$ 350 mil e, atualmente, não possui nenhuma campanha ativa.

Uma internauta postou: “Faltou a informação, de quando ele fingiu que morreu, depois ressuscitou, passado um tempo postou que estava na UTI e pedia a verificação da conta dele no Instagram o Felipe do programa da Sonia Abraão até postou pedindo orações, 3 e a foto já tinha sido usada, onde ele está de calça e cinto e fala que a foto é da UTI. Agora como parece que a Record vai fazer uma nova reportagem, postaram que ele morreu e excluiu o Instagram. Esperamos a ressuscitação novamente do meliante”.
 
Defesa

Gui se defende, em entrevistas afirmando ser vitima de falsos perfis e que apenas luta para sobreviver alo cancer, que já resultou na retirada do estomago e de parte do intistitino.

#conexaoin

#conectadocomanoticia

POR: Rita Moraes
Publicado em 30/06/2021