ConexãoIn

Governador entrega nova contenção de encosta para moradores de Campinas de Brotas

Cerca de quatro mil moradores da região da Avenida Mário Leal Ferreira, mais conhecida como Bonocô, em Campinas de Brotas, agora podem viver em casas seguras, sem risco de deslizamento. O governador Rui Costa entregou a 85ª obra concluída nesta quinta-feira (17), acompanhado do secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues. A intervenção recebeu recursos da ordem de R$ 3,7 milhões de reais e se soma ao maior investimento da história de Salvador em contenção de encostas.
 
“Esse é um dos programas que eu tenho mais orgulho de entregar. Eu nasci e me criei em uma encosta igual a essa. Quando eu assumi o governo, em 2015, em abril houve aquele desmoronamento, e no lugar que eu nasci morreram pessoas novamente. Eu, naquele momento, afirmei que iria fazer o maior investimento da história da Bahia em proteção de encostas. Aqui a gente está protegendo vidas humanas, está protegendo o esforço de famílias pobres que durante uma década, duas décadas, vão construindo suas casas”, afirmou Rui.
 
Rui destacou que não há registro recente de vítimas de deslizamento em Salvador. “Me dá um orgulho danado, depois de ver chuvas torrenciais em novembro, em janeiro, aqui em Salvador, e nenhum relato, graças a Deus, de perda de vida humana ou de desastres com consequências trágicas”. Segundo ele, os investimentos continuam. “Existem obras hoje em andamento e existem novas licitações que nós estamos fazendo para mais encostas, para entregar ao longo do ano. Então aqui significa cuidar de gente, cuidar da vida e cuidar do patrimônio que foi construído com muito esforço por essas pessoas”.
 
O presidente da Conder, José Trindade, ressaltou que a entrega é mais uma etapa. “Você vê aqui hoje, são quase quatro mil vidas de pessoas que estão sendo beneficiadas. O investimento é de quase R$ 4 milhões. Ou seja, o governador do Estado, Rui Costa, buscando proteger a vida das pessoas. Temos mais de 20 encostas sendo executadas, temos mais 25 já para começar nos próximos dias”.
 
Palavra de morador
 
O aposentado Carlos Antônio dos Santos, 61 anos, levou a neta Mirela, 7 anos, para brincar na praça construída no pé da encosta. “Está bom, porque isso aqui era mato, era esconderijo do que é ruim, está ótimo. Minha neta hoje brinca, os filhos dos vizinhos todos brincam, tá bom mesmo. Graças a Deus, gostei, estou amando”.
 
A neta, Mirela, também deu sua opinião. “Eu gostei porque aqui não tinha nada para brincar, hoje tem. Eu amei porque venho aqui sempre no parquinho, todo mundo brincando. Sempre venho, chamo minha mãe para me trazer, eu venho e fico brincando”.
 
A pracinha foi construída a pedido dos moradores locais, como explica a líder comunitária Rosemeire Reis. “Estava na planta só a encosta. Como a gente não tem nenhuma área de lazer, então a gente fez o pedido da pracinha, da área de lazer, e aí eles aceitaram. Foi ótimo, foi maravilhoso porque a gente nunca teve isso, agora tem o espaço para as crianças brincarem, nesse lugar que antes o povo jogava muito lixo”.
POR: Rita Moraes
Publicado em 21/03/2022