ConexãoIn


Em carta aberta no Instagram, influencer defende a existência de crianças trans

Foto: Instagram @suellencarey.uk | CO – Assessoria

Na última quinta-feira, 4 de julho, a influenciadora digital Suellen Carey fez um post no Instagram. Em uma foto de infância postada no seu feed, Suellen, hoje com 36 anos, aproveitou o momento para compartilhar uma carta aberta para a sua criança interior.

Nascida e criada em Belo Horizonte, MG, Suellen veio de uma família humilde. Filha de Eliane e Carlos Alberto, que sempre a apoiaram e respeitaram, Suellen nasceu menino e hoje é orgulhosamente mulher trans. Em sua carta aberta, Suellen também relembra um episódio traumático de sua infância que marcou sua vida para sempre.

“Tenho muitos traumas de infância, mas um deles eu carrego comigo sempre, infelizmente,” escreve Suellen. “Quando eu tinha 6 anos, estava brincando do lado de fora de casa com um primo e dois outros meninos que moravam perto de minha casa. Estávamos brincando com um jogo, e após o término da brincadeira, um dos meninos foi até sua casa, pegou fósforos e álcool. Quando ele voltou, já voltou me xingando de ‘bicha/bichinha’. De repente, ele jogou álcool em mim e atirou os fósforos. Minha reação foi pedir socorro para os vizinhos. Eu tive uma queimadura de 3º grau. Eu era apenas uma criança, jamais imaginei que passaria por isso com apenas 6 anos de idade.”

A história de Suellen não se restringe apenas a esse trágico evento de sua infância. Durante sua adolescência, ela continuou a enfrentar o preconceito e o bullying na escola. “Com apenas 17 anos, fui vítima de bullying na escola devido à minha identidade de gênero. Os colegas de classe começaram a me chamar de ‘viadinho’, ‘bichinha’. Certa vez, eles se reuniram e esperaram na porta do colégio. Assim que saí, começaram a me agredir como se eu fosse uma criminosa,” escreveu.

Em sua carta aberta, ela deixou uma mensagem de superação. “Querida criança Suellen, sei que você passou por momentos terríveis, mas quero que saiba que você é forte e valente. Você vai crescer e encontrar seu verdadeiro eu, e será amada e respeitada por aqueles que realmente importam. Nunca deixe o ódio dos outros apagar a sua luz. Umas são e outras não, muitas jamais serão,” finalizou com seu bordão que já foi reproduzido nas redes sociais algumas vezes por Erika Hilton, líder do PSOL e da Rede na Câmara dos Deputados.

Link Instagram Suellen

Foto: Instagram @suellencarey.uk | CO – Assessoria
POR: Rita Moraes
Publicado em 09/07/2024