ConexãoIn


Cria do Curuzu, Val Benvindo, participa de encontro sobre empreendedorismo negro, na Senzala do Barro Preto

A jornalista, apresentadora e produtora Val Benvindo volta ao seu bairro de origem para participar do Salvador Capital Afro Curuzu, que acontecerá nos dias 2 e 3 de setembro, na Senzala do Barro Preto. Val foi convidada para ser mediadora da mesa-redonda sobre “O empreendedorismo pela ótica das mulheres negras”, bate-papo que promoverá, no sábado (02), uma rica troca de experiências pela ótica das vivências.

Cria do bairro, ela, que cresceu no berço do primeiro bloco afro do Brasil, o Ilê Aiyê, sempre ouvindo músicas que falavam sobre a valorização da mulher negra, levará ao público assuntos que precisam ser cada vez mais fortalecidos, como o empreendedorismo de mulheres negras e suas tecnologias de resiliência, bem como a ótica da dinâmica da rede de sustentabilidade familiar onde as mulheres negras são provedoras das suas famílias. Farão parte da roda de conversa a influencer Amanda Dias, que produz conteúdos voltados para empreendedores de baixa renda no canal Grana Preta, a pesquisadora Paloma Zahir, outra cria do bairro, que também é cozinheira e produtora, e Maylla Pita, produtora, empreendedora e coordenadora do Programa de Afroempreendedorismo Acelera iaô, da Associação Fábrica Cultural.

O Salvador Capital Afro é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Salvador, através da Secretaria de Cultura e Turismo, no âmbito do PRODETUR Salvador, em parceria com a Secretaria da Reparação. O projeto tem financiamento do BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento e é mais uma ação implementada do Plano de Desenvolvimento do Turismo Étnico-Afro em Salvador.

POR: Rita Moraes
Publicado em 01/09/2022