ConexãoIn

Corpo do criador do antivirus, o milionário Johc Macfee, segue no IML de Barcelona há um ano

O corpo do criador do antivírus McAfee continua em um necrotério de Barcelona, na Espanha, um ano depois de sua morte na prisão, enquanto a Justiça espanhola decide se aceita o recurso da família para reabrir a investigação que determinou que ele havia se suicidado.

O cadáver de John McAfee permanece no depósito do Instituto Médico Legal de Barcelona, confirmaram à AFP fontes do Departamento de Justiça da região da Catalunha.

O corpo do polêmico empresário foi levado para lá pouco depois da tarde de 23 de junho de 2021, quando foi encontrado em sua cela na prisão de Brians 2, a cerca de 40 quilômetros de Barcelona. Tudo apontava para um aparente suicídio, o que foi confirmado depois da única necropsia realizada até o momento.

Sua esposa, no entanto, nunca acreditou que McAfee, na época com 75 anos e que, horas antes de sua morte, teve sua extradição aos Estados Unidos autorizada pela Justiça espanhola, tivesse decidido tirar a própria vida. Assim, ela solicitou mais diligências, ao considerar a primeira necropsia “incompleta”, segundo explicou o seu advogado, Javier Villalba.

Diante da recusa do juiz de instrução, e com o objetivo de reabrir a investigação, a família interpôs um recurso que ainda está pendente de resolução na Audiência Provincial de Barcelona.

“Hoje [23 de junho] faz um ano que John McAfee foi roubado de nós. Um líder da liberdade e da privacidade, o mundo é um lugar mais sombrio sem ele”, escreveu no Twitter Janice McAfee.

Acusado de fraude fiscal nos Estados Unidos, John McAfee fez fortuna com o antivírus que leva seu nome nas décadas de 1980 e 1990. Depois, se converteu em um guru das criptomoedas e era seguido por um milhão de usuários no Twitter.

McAfee foi detido em outubro de 2020 no aeroporto de Barcelona após a publicação, por um promotor americano, de uma ata de acusação contra si por omitir a declaração de milhões de dólares em receitas pela promoção de criptomoedas, por serviços de consultoria, conferências e a cessão de direitos para a realização de um documentário sobre sua vida.

As autoridades dos Estados Unidos haviam emitido uma ordem de captura através da Interpol e pedido sua extradição por crimes que, caso fosse condenado, poderiam lhe render uma pena de até 30 anos de prisão.

Horas antes de sua morte, a Justiça espanhola havia autorizado sua extradição, mas a mesma ainda poderia ser objeto de recurso e deveria contar com a aprovação do Executivo em Madri.

Esta não foi a primeira vez em que McAfee se envolvia em polêmicas. Após o misterioso assassinato de seu vizinho em Belize em 2012, um caso ainda sem solução, a polícia descobriu que McAfee vivia com uma adolescente de 17 anos e possuía armas em sua casa.

O empresário fugiu durante meses e foi detido nos Estados Unidos, em 2015, por dirigir sob o efeito de entorpecentes. Em 2019, voltou a deixar o país.

Sobre Macfee

McAfee foi contratado como programador pela NASA Instituto de Estudos Espaciais, em Nova Yorque 1968-1970. De lá ele foi para Univac como um designer de software e mais tarde para a Xerox como arquiteto de sistema operacional. Em 1978 ele se juntou a Computer Sciences Corporation como consultor de software. Mais tarde, enquanto empregado da Lockheed em 1980, McAfee recebeu uma cópia do vírus de computador Brain e começou a desenvolver um software para combater o vírus.

Em 1987 fundou a McAfee Associates, uma empresa de softwere de antivírus. Ele foi o primeiro a distribuir software antivírus usando shareware. Em 1989, ele abandonou a Lockheed e começou a trabalhar em tempo integral na McAfee Associates, que ele inicialmente trabalhava em sua casa em Santa Clara, Califórnia.

A empresa foi criada no estado de Delawere em 1992, e McAfee se desligou da empresa em 1994. Dois anos após, a McAfee Associates tornou-se pública, McAfee vendeu sua participação remanescente da empresa. Network Associates foi criada em 1997 como uma fusão da McAfee Associates e Network General, a produtora do Sniffer. Esta empresa se ​​tornou mais tarde Network Associates, um nome que manteve por sete anos, até que se tornou McAfee. A McAfee permanece até hoje como uma das maiores empresas de antivírus do mundo.

Outras oportunidades de negócios que ele criou foi Voz Tribal, onde desenvolveu um dos primeiros programas de mensagens instantâneas, PowWow. Em 2000, John McAfee entrou para o conselho de administração da Zone Labs, antes de sua aquisição pela Check Point Software em 2003.

Em agosto de 2009, o jornal New York Times relatou que a fortuna pessoal da McAfee havia diminuído para US$ 4 milhões tendo um pico de US$ 100 milhões, como efeito da crise financeira global e da recessão em seus investimentos.

A partir de fevereiro de 2010, McAfee começou um novo empreendimento na área de pesquisa de antibióticos. QuorumEx empresa sediada em Belize e trabalha na produção comercial de antibióticos naturais com base na tecnologia de sensoriamento anti-quorum.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Continuar lendo
POR: Rita Moraes
Publicado em 05/07/2022