ConexãoIn

Companhias aéreas brasileiras ficam bem distante da lista das melhores do mundo em 2023, aponta AirHelp Score

 

 

Nenhuma companhia área brasileira figura entre as mais bem avaliadas do mundo em 2023. É o que revela o ranking internacional AirHelp Score, divulgado hoje. As empresas Azul e Gol foram listadas no levantamento, mas passaram longe do topo, ocupando 47º e 68º lugares, respectivamente. Na edição do ano passado a Latam Airlines ocupou a quinta posição e, neste ano, acabou não aparecendo na relação.

 

A Qatar Airways repetiu o feito de 2022 e foi novamente considerada a melhor companhia aérea na avaliação dos passageiros. A empresa obteve 8,38 como nota final, destacando-se pela opinião dos usuários (8,8), pontualidade (8,4) e consistência no processamento de reclamações (8,0).

 

Na atual edição do ranking foram listadas 83 companhias aéreas, avaliadas por cerca de 16 mil usuários de 58 países. A pesquisa, realizada de janeiro a outubro deste ano, foi estruturado em três temas centrais: pontualidade dos voos; qualidade do serviço das companhias aéreas; e o processamento de reclamaçõescom base na eficiência do atendimento de pedidos de indenização de clientes.

 

Entre as aéreas nacionais, a Azul (47a posição) foi bem avaliada em termos de performance de partida e chegada no horário (8,3) e serviços (8,4), mas apenas 3,5 para processamento de reclamações, chegando a 6,74 como nota final. A Gol (68° lugar) recebeu nota 7,9 para pontualidade; 7,8 para serviço e apenas 2 em relação ao atendimento de reclamações de usuários – pior índice nacional registrado – alcançando pontuação final de 5,89.

 

“Este ranking mostra que as companhias aéreas brasileiras continuam ficando muito atrás de suas concorrentes. O levantamento conta apenas com a avaliação dos passageiros e acaba deixando claro que ainda há um longo caminho a percorrer para que os usuários mudem essa percepção. Elas ainda deixam muito a desejar em casos de reclamação ou queixa. Temos como missão auxiliar os passageiros aéreos a reivindicar seus direitos garantidos pela lei e conscientizá-los em quais circunstâncias são cobertos pelo Código de Defesa do Consumidor”, avalia Luciano Barreto, diretor-geral da AirHelp no Brasil.

 

 

Publicada desde 2015, AirHelp Score é a avaliação mais abrangente e precisa de companhias aéreas e aeroportos com intuito de ajudar os passageiros a planejarem melhor seus voos. O ranking é produzido pela AirHelp, líder mundial na defesa dos passageiros aéreos e que já atendeu cerca de 20 milhões de pessoas.

 

 

Melhores companhias aéreas do mundo

 

 

Posição

 

 

Companhias aéreas

 

 

País

 

 

Pontuação Final

 

 

Pontualidade

 

 

Qualidade do serviço

 

 

Processamento de reclamações

 

 

 

 

Qatar Airways

 

 

Catar

 

 

8,38

 

 

8,4

 

 

8,8

 

 

8,0

 

 

 

 

Eurowings

 

 

Alemanha

 

 

8,27

 

 

9,3

 

 

7,5

 

 

8,0

 

 

 

 

LOT Polish Airlines

 

 

Polônia

 

 

8,11

 

 

8,3

 

 

8,1

 

 

7,9

 

 

 

 

Etihad Airways

 

 

Emirados Árabes Unidos

 

 

8,09

 

 

8,4

 

 

8,7

 

 

7,2

 

 

 

 

All Nippon Airways

 

 

Japão

 

 

8,09

 

 

8,2

 

 

8,9

 

 

7,2

 

 

 

 

Austrian Airlines

 

 

Áustria

 

 

8,07

 

 

8,4

 

 

8,1

 

 

7,7

 

 

 

 

American Airlines

 

 

Estados Unidos

 

 

7,97

 

 

7,7

 

 

8,3

 

 

7,9

 

 

 

 

China Airlines

 

 

Taiwan

 

 

7,92

 

 

7,5

 

 

8,1

 

 

8,2

 

 

 

 

Widerøe

 

 

Noruega

 

 

7,89

 

 

8,5

 

 

7,7

 

 

7,5

 

 

10°

 

 

United Airlines

 

 

Estados Unidos

 

 

7,88

 

 

7,5

 

 

8,1

 

 

8,1

 

 

47º

 

 

Azul Airlines

 

 

Brasil

 

 

6,74

 

 

8,3

 

 

8,4

 

 

3,5

 

 

68º

 

 

Gol

 

 

Brasil

 

 

5,89

 

 

7,9

 

 

7,8

 

 

2,0

 

 

 

 

Sobre AirHelp
AirHelp é a maior empresa mundial especializada em direitos de passageiros aéreos, ajudando os viajantes a negociar indenizações por voos atrasados ou cancelados e em casos de recusa de embarque. A empresa também toma medidas legais e políticas para apoiar o crescimento e a aplicação dos direitos dos passageiros aéreos em todo o mundo. AirHelp já ajudou 2 milhões de pessoas a receber indenização e está disponível em todo o mundo e oferece suporte em 18 idiomas.  A companhia também oferece gratuitamente o Guia dos direitos do passageiro aéreo 2023. Trata-se de um manual simples, didático e prático, criado com o objetivo de garantir aos passageiros informações, assistência básica e procedimentos de indenização quando o voo não sai como planejado

POR: Rita Moraes
Publicado em 06/12/2023