ConexãoIn

Campanha de fim de ano entra em nova fase com pegada jovem e balanço de ações

Lula participou da 4ª Conferência Nacional de Juventude, em Brasília (DF), no mês de dezembro – Foto: Ricardo Stuckert / PR

 

A campanha de fim de ano do Governo Federal entra em uma nova fase a partir desta terça-feira, 26 de dezembro. Após uma primeira etapa em que as produções audiovisuais tiveram um olhar cinematográfico e voltado para a consolidação da reconstrução do país com uma mensagem de união, a sequência investe em uma perspectiva de balanço e anúncio do que vem por aí em 2024. A estética é pensada para o público mais jovem.
O estilo é dos Reacts, formato que se consagrou no YouTube e em redes como o Tik Tok. A linguagem é a mais coloquial e informal possível. É pensada para ser ágil, uma espécie de bate-papo do narrador com quem assiste. Ele (Ela) comenta cada cena que vai assistindo na tela dividida da transmissão. São dezenas de pequenos cortes que se entrelaçam e conduzem o vídeo, numa perspectiva bem cara ao público adolescente e jovem que consome redes sociais.
Ao todo, são 11 vídeos com quatro protagonistas diferentes. A intenção do conteúdo é ilustrar a retomada e a consolidação dos 75 programas lançados ou recriados pelo Governo Federal ao longo de 2023. O mosaico de temas vai do Bolsa Família ao Mais Médicos, do Brasil Sorridente à Educação em Tempo Integral, do Novo PAC à política de valorização do salário mínimo, dos investimentos em cultura à preservação do meio ambiente, da igualdade racial à segurança.
“Que tanto de coisa é essa passando aqui embaixo? Ah, é lógico, é a famosa roda gigante da economia”, brinca um dos narradores, em torno de imagens que ilustram que o país chegou ao maior patamar de pessoas com carteira assinada na série histórica, e que os percentuais de desemprego caíram aos menores níveis desde 2015.

 

Reprodução de imagem do vídeo institucional – Divulgação: Secom PR

 

Em outro momento, a narradora lista as novidades do Bolsa Família em 2023 e cita que o programa passou a incluir valores a mais para crianças, adolescentes, gestantes e nutrizes na composição familiar. Quando termina a frase, para o vídeo e grita: “Mãe, o que é nutrizes?”. A intenção é ajudar a traduzir conceitos, investimentos e perspectivas do Governo Federal. Em comum a todos os vídeos, a mensagem final: “Vem muito mais por aí”.
CAMPANHA – A primeira fase da campanha “O Brasil é um só povo” foi lançada em rede nacional no dia 10 de dezembro, com a intenção de mobilizar os brasileiros para a consolidação da reconstrução do país.
Um dos filmes tem o formato de clipe e foi gravado por artistas de variados estilos musicais. Do ritmo soul de Sandra de Sá aos cantos Gospel do pastor Kleber Lucas, o clipe traz ainda a batida funk da cantora Lellê, a toada de Jorge Vercillo e o axé de Manno Góes. A trilha musical entoa mensagens como “um Brasil e um só povo” e “somos filhos de uma mãe gentil, de um Brasil que luta e não se curva”.
Outro vídeo retrata uma festa de Natal e destaca o Movimento Nacional pela Vacinação, reforçando mensagens de combate ao negacionismo e à desinformação, além de incentivar a retomada de relações familiares.
A campanha inclui ainda comerciais que colocam os brasileiros como protagonistas de histórias cotidianas sobre reconciliações e trazem exemplos de pessoas beneficiadas por programas sociais como o Minha Casa Minha Vida, Novo PAC, Bolsa Família, ProUni, Farmácia Popular e Plano Safra. As peças valorizam conceitos como família e cidadania e sentimentos como solidariedade e amizade.

POR: Rita Moraes
Publicado em 27/12/2023