ConexãoIn


PF faz caça a 200 foragidos, envolvidos no 8 de janeiro em Brasília

 

A Polícia Federal deflagrou na última quinta-feira, 6,  a 28ª fase da  Operação Lesa Pátria, que busca prender foragidos envolvidos nos atos golpistas de 8 de janeiro de 2023, quando a praça dos Três Poderes foi invadida e vandalizada.

 

Os Três Poderes tiveram um prejuízo superior a R$ 16 milhões após os ataques de 8 de janeiro de 2023.

 

Foram cumpridos 208 mandados de prisão preventiva em 18 estados e no Distrito Federal. A operação foi expedida pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Do total dos capturados, 107 são foragidos. Até o momento, 42 pessoas foram presas.

 

Segundo a Polícia Federal, os indivíduos envolvidos desrespeitaram ordens judiciais de cautela ou escaparam para o exterior com o intuito de evitar o cumprimento da pena. Ainda, os investigadores apontam a Argentina como a principal rota utilizada por esses fugitivos.

Os recapturados hoje foram pegos no Espírito Santo, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, Bahia e Paraná, além da capital federal.

Em São Paulo foram 15 presos; 7 no Distrito Federal; 7 em Minas Gerais; 5 no Paraná; 4 em Mato Grosso; 1 na Bahia; 1 em Goiás, 1 no Mato Grosso do Sul e 1 no Espírito Santo.

Os restantes foram incluídos na lista da Interpol e seguem sendo procurados pela Polícia Federal.

Operação Lesa Pátria

Na operação, os crimes investigados são: dano qualificado, associação criminosa, golpe de estado, incitação ao crime, destruição e deterioração.

POR: Rita Moraes
Publicado em 09/06/2024