ConexãoIn

BRASIL, um país com cada dia mais ambulantes

O IBGE divulgou que mais de meio milhão de brasileiros estão vendendo algum tipo de alimento nas ruas. A pesquisa foi encomendada pela Folha de São Paulo, e aponta um importante progresso no número de pessoas que ganham a vida como ambulantes de lanches.
Comparado ao terceiro trimestre de 2016 com o mesmo período de 2017, houve um aumento de 97%. O número saltou de 253,7 mil para 501,3 mil. Ser ambulante é uma das alternativas para sair da crise, uma vez que o número de emprego com carteira assinada no Brasil despencou de 39,6 milhões em 2016, para 38, 3 milhões, segundo informações divulgadas pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), em 16 de março de 2017. Segundo um relatório do Banco Credit Suisse, houve um forte aumento desses ambulantes no segundo semestre de 2016, disseminado em todas as regiões, com destaque para o Nordeste e o Sudeste.
Nas ruas de Salvador é fácil notar a presença de ambulantes, a cada esquina. Com seus carrinhos e muita disposição para enfrentar o sol escaldante de Salvador, no verão, Robson Nascimento, 20 anos, afirma que foi a solução encontrada para ter seu próprio negócio. Ele vende salgadinhos feitos por ele mesmo. “ Não consegui emprego, fiz o segundo grau, mas não pude entrar na Universidade ou um curso técnico, sou casado e tenho uma filho de 3 anos e preciso sustentar minha família”, contou.

POR: Administrador
Publicado em 09/01/2018