ConexãoIn

Morte precoce. Marília Mendonça sai dos palcos aos 26 anos, deixando um legado de sucessos e muitas parcerias

O Brasil finalizou o dia de hoje, 5 de novembro, com a triste noticia da morte da cantora e compositora Marília Mendonça, após queda do avião em que viaja, com destino a Minas Gerais, onde faria um show. O avião caiu em cima de pedras de uma Cachoeira, na região de Piedade de Caratinga, no interior de Minas Gerais. A artista saía de Goiás para realizar uma apresentação na cidade de Caratinga. Inicialmente a assessoria informou que todos saíram com vida. Mas, a confirmação da morte da artista veio, logo em seguida.

No instagram da artista @mariliamendonça, antes de embarcar, ela gravou um vídeo elogiando o estado e sua comida. Marília deixa um filho de apenas 1 ano e 10 meses., do seu casamento com  Murilo Huff. 

Vários artistas prestaram homenagem à Marília Mendonça nas redes sociais, entre eles Gal Costa, Wesley Safadão, 

Carreira meteórica

Marília teve o seu primeiro contato com a música na igreja, tendo iniciado suas composições por volta dos doze anos de idade. A primeira composição da artista que se tem notícia é da canção “Minha Herança”, a qual foi gravada pela dupla sertaneja João Neto & Frederico dois anos após, em 2009.[4] Mesmo sendo menor de idade, Marília investiu na composição de outras canções do gênero, tendo neste período sido a autora de “É com Ela que Eu Estou”, de Cristiano Araújo”, e de “Cuida Bem Dela” e “Até Você Voltar”, de Henrique & Juliano

Sua entrada no mundo da música aconteceu no ano de 2015, aos 20 anos, com a participação em duas músicas da dupla Henrique & Juliano: “A Flor e o Beija-Flor” e “Impasse”.[7] Logo em seguida, no mês de julho, Marília realizou a gravação do disco Marília Mendonça: Ao Vivo, feito em um cenário com decoração simples e com garrafas de bebidas alcoólicas, o qual foi lançado oficialmente em março de 2016. Entre as canções de destaque do disco, estão o single “Infiel” e a canção “Eu sei de Cor”, a qual liderou a Brasil Hot 100 Airplay em 2016 por cinco semanas.[11] “Infiel” tornou-se a quinta música mais executada nas rádios do Brasil naquele ano, além de atualmente ser a segunda canção brasileira com mais visualizações no YouTube, atrás apenas de “Ai, Se Eu Te Pego”, de Michel Teló.

Marília fez o seu primeiro grande show ao vivo em agosto do mesmo ano, na cidade paraense de Itaituba.[13] Ao mesmo tempo em que iniciava a carreira em cima dos palcos, Marília continuou compondo músicas para outros artistas, como Lucas Lucco, Joelma, Jorge & Mateus, Wesley Safadão, Maiara & Maraísa, Matheus & Kauan, Fred & Gustavo, Zé Neto & Cristiano, César Menotti & Fabiano e os já citados anteriormente Henrique & Juliano e João Neto & Frederico.

Devido à grande repercussão de seu nome na mídia, Marília foi indicada ao prêmio “Melhores do Ano”, do programa “Domingão do Faustão”, exibido pela Rede Globo.[15] Naquela ocasião, Anitta foi a vencedora do troféu, a qual comunicou que Marília também era merecedora do mesmo por ter sido a principal revelação, encerrando com um dueto da canção “Infiel”.[16] Marília encerrou o ano de 2016 com uma participação no tradicional “Show da Virada”, da Rede Globo, exibido no dia 31 de dezembro, apresentação que considerou uma das mais importantes de sua carreira.[17] Em 8 de outubro de 2016, Marília realizou a gravação do segundo DVD da sua carreira, intitulado Realidade, no Sambódromo de Manaus.[18] Quatro das canções gravadas foram disponibilizadas em 13 de janeiro de 2022 em um EP homônimo, com três canções inéditas, além da conhecida “Eu Sei de Cor”.

#conexaoin

#conectadocomanoticia 

POR: Rita Moraes
Publicado em 05/11/2021