ConexãoIn

Lavagem de Itapoã completa 113 anos hoje. A festa faz parte do calendário de eventos de Salvador

A Lavagem de Itapuã completa 113 anos hoje, quainta-feira, 01/02. A programação começa às 2h da manhã, com o Bando Anunciador, grupo de percussionistas e pessoas da comunidade que percorre as ruas do bairro para anunciar a festa.

Logo, às 6h da manhã, o padre Ailan Simões Costa celebra a missa, realizada na Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Itapuã, na praça Dorival Caymmi. Baianas vestidas a caráter levaram potes de cerâmica com flores e água de cheiro para lavar a escadaria do templo. Componenetes dos Filhos de Gandhy e do grupo Carro de Palha participaram do cortejo.

Além da parte religiosa, a festa conta com a participação de várias entidades culturais, samba de roda, desfiles e participação de diversos personagens locais. Desfilam 17 desfiles de blocos de chão, que a cada 15 minutos seguem a pé até a Praia de Placadord e a rua Aristides Milton, na ladeira do Abaeté.

Até às 16 h, passaram na Lavagem as Escola de Samba Unidos de Itapuã (12h), Galera do Mar (12h15), Arrastão dos Peixes (12h30), Amigos de Pedreira (12h45), Arrastão do Bideira (13h), Sambeleza (13h15), Arrastão dos Cornos (13h30), Bloco das Santinhas (13h45), Bloco Vem pra Cá-Banda Zumbada (14h), Bonitol (14h15), Chabisc (14h30), Chuva de Gelo (14h45), Baleia Rosa (15h), Malê Debalê (15h15), Pinauna Power (15h30), Bloco Nem te Conto-Banda A Panela (15h45) e Confraternização Uesc (16h).

A parte profana da festa acontece nas barracas montadas ao longo do bairro, com com comidas, bebidas e muita música. O evento, que conta com apoio da Empresa Salvador Turismo (Saltur).

Sincretismo Religioso

A Lavagem de Itapuã é realizada desde 1906 e muito marcada pelo sincretismo religioso, com a devoção de Nossa Senhora da Conceição, pelos católicos, e Iemanjá, pelos adeptos do Candomblé.

POR: Rita Moraes
Publicado em 01/02/2018