ConexãoIn

Depois de 40 anos de lançado, o Gol continua sendo o veículo mais vendido do Brasil

O Volkswagen Gol completou na última sexta-feira , 15, quatro décadas anos de presença no mercado. Com mais de 8,5 milhões de unidades fabricadas, o hatch compacto é atualmente o modelo mais produzido, vendido e exportado da história da indústria automobilística brasileira. Mesmo longe da liderança do mercado, o compacto ainda é o Volkswagen mais vendido do mercado brasileiro, com 19.303 unidades emplacadas no acumulado do ano até abril.

ojetado e desenvolvido no Brasil, o hatch é fabricado desde 1980 na unidade industrial de Taubaté, no interior paulista, inaugurada quatro anos antes para a produção de peças para os modelos Fusca e Kombi.

Inicialmente, o Gol estava disponível apenas em duas versões, ambas com duas portas e equipadas com o mesmo motor 1.3 a ar de apenas 50 cv. Criticado pela baixa potência, logo no ano seguinte o compacto ganhou um motor 1.6 a ar, de 55 cv. A marca de 100 mil unidades produzidas foi atingida em 1982, mesmo ano em que foi lançada a série especial Copa, a primeira de várias edições limitadas relacionadas a eventos esportivos.

Uma versão de apelo esportivo viria em 1984, com o lançamento do Gol GT, que trazia um motor 1.8 refrigerado a água de 99 cv declarados e detalhes de estilo diferenciados como faróis auxiliares e rodas de liga leve. Para a linha 1987, além da primeira reestilização, o Gol abandonava de vez o motor refrigerado a ar. Em 1989, com o lançamento da nova versão esportiva GTI, o Gol seria o primeiro carro produzido no Brasil equipado com injeção eletrônica. 

A marca de um milhão de unidades fabricadas foi atingida em 1990. Mas somente em 1994 que o Gol ganharia uma nova geração, que estreava uma nova carroceria mais arredondada. Em 1996, passou a ser oferecido na versão GTI com um motor 2.0 16V de 145 cv, um dos hatches esportivos mais desejados do mercado brasileiro nos anos 1990. A carroceria do Gol de segunda geração iria durar até 2014, com duas reestilizações, conhecidas como “G3” e “G4”. O “G3”, aliás, foi o primeiro carro flex brasileiro, em 2004.

Em 2008, a terceira geração do Gol era lançada, trazendo uma carroceria completamente nova montada sobre uma plataforma mais atual, derivada da utilizada no Polo de quarta geração. É com essa carroceria que o compacto sobrevive até hoje, tendo recebido duas reestilizações no período (2012 e 2016). Em 2018, o hatch ganhou a opção de câmbio automático.

Até abril, o Gol somava 8.532.771 unidades produzidas no Brasil em quarenta anos, das quais 1.515.305 exportadas para 69 países. No dia em que completou 40 anos (15 de maio), o Volkswagen Gol ocupava a terceira posição no ranking de abril, com 880 emplacamentos, atrás apenas dos novos Chevrolet Onix (1.502) e Hyundai HB20 (917). No total do ano, até 15 de maio, o Gol acumulava 20.183 vendas.

 

POR: Rita Moraes
Publicado em 17/05/2020