ConexãoIn

A Casa do Porco está na lista do World 50 Best Restaurants 2018

O restaurante Casa do Porco, de São Paulo, está na lista do World’s 50 Best Restaurants 2018, que elege os melhores restaurantes do mundo. Esta é a “segunda parte” do ranking, com as casas que ficaram entre a 51ª e a 100ª posição Ele ocupa o 79° lugar, da lista de 51 a 100°. 

A Casa do Porco foi aberta em outubro de 2015. Desde então, o chef Jefferson Rueda já abriu o Hot Pork e a Sorveteria do Centro ao lado da Praça da República. Serve petiscos e pratos gourmets, com ênfase em carne de porco, em espaço descontraído com decoração criativa.

O restaurante pertence ao chef Jefferson Rueda. O reconhecimento vem depois do restaurante fazer sucesso entre o público brasileiro. Especializado em quitutes suíno foi inaugurado em outubro de 2015. De lá para cá segue com fila na porta. A espera pode chegar a mais de duas horas no fim de semana. Está localizado no centro da cidade, local nem sempre frequentado pelos paulistanos.

O sucesso se dá pela presença constante do chef e quase tudo é feito na casa. As linguiças, as conservas, o pão, o macarrão. A preocupação com o produto também se estende aos porcos — Rueda vai de fazenda a fazenda para escolher seus produtores.

Como um bom bar, o endereço serve tira-gostos ótimos. A barriga de porco bem gorda é frita até ficar deliciosamente crocante e é servida com uma camada de goiabada e brotos. De inspiração coreana, o destaque vai para a trouxinha de alface romana recheada de arroz, algas e costelinha de porco. Se você estiver com muita fome peça o porco de san zé, churrasqueado, úmido e de pele durinha, vem ao lado de tutu de feijão, tartare de banana e salada de couve. De sobremesa, o pudim de leite, doce na medida, com uma textura nunca antes imaginada de tão boa, sai a R$ 22,00. Vem com chantili de caramelo e um algodão-doce.

O Mani, de Helena Rizzo (SP), e o carioca Lasai, de Rafael Costa e Silva, também figuram entre os 100 melhores, no 87º e no 100º lugar, respectivamente. Este ano perderam posição no ranking. Em 2017, o Maní estava em 81º e o Lasai, em 76º. O restaurante Olympe, de Thomas e Claude Tougrais, do Rio de Janeiro, que no ano passado ocupou o 100º lugar, saiu da seleção.  

Além d’A Casa do Porco, 14 outros restaurantes, de 12 países diferentes, estrearam na lista, incluindo o Enigma, nova casa de Albert Adrià, em Barcelona, ficou em 95º lugar; o SingleThread, em Healdsburg, na Califórnia, na 91ª posição, eleito o restaurante mais promissor da temporada, e o Leo, de Bogotá, primeiro colombiano a aparecer na lista mundial, em 99º. 

Outros prêmios desta edição do 50 Best já foram divulgados. O SingleThread , em Healdsburg, na Califórnia, que está na 91ª posição e foi eleito o restaurante mais promissor da temporada. O chef peruano Gastón Acurio é o homenageado pelo conjunto de sua obra. A irlandesa Clare Smyth , comandante das panelas do Core, em Londres, foi eleita a melhor chef mulher do ano.

O anúncio dos 50 primeiros colocados será na próxima terça, 19, em uma cerimônia em Bilbao , na Espanha . Também serão divulgados o melhor chef confeiteiro, o chef mais celebrado entre seus colegas, e o restaurante sustentável do ano.

Sobre o The World’s 50 Best Restaurants

É uma lista produzida pela revista britânica Restaurants, com base em uma pesquisa internacional de chefs de cozinha, donos de restaurantes, goumands e críticos. Além do principal ranking, o “Chef’s Choice” é uma lista baseada em votos de cinquenta chefes de restaurantes em relação ao ano anterior. Os melhores restaurantes são, muitas vezes, os precursores da gastronomia molecular. A maioria dos restaurantes servem alta cozinha, que é caracterizada por um meticuloso cuidado, preparo e apresentação dos alimentos.

Lista dos 84 melhores restaurantes do mundo 

51. De Librije Zwolle, Netherlands

52. L’Astrance Paris, France

53. Benu, San Francisco, USA

54. Sühring, Bangkok, Thailand

55. Don Julio, Buenos Aires, Argentina

56. Amber, Hong Kong, China

57. Nerua, Bilbao, Spain

58. Brae Birregurra, Australia

59. Florilège, Tokyo, Japan

60. Tegui, Buenos Aires, Argentina

61. Burnt Ends, Singapore

62. Momofuku Ko, New York, USA

63. Hof Van Cleve, Kruishoutem, Belgium

64. Sud 777, Mexico City, Mexico

65. Frantzén, Stockholm, Sweden

66. Vendôme, Bergisch Gladbach, Germany

67. Fäviken, Järpen, Sweden

68. Quique Dacosta, Denia, Spain

69. Chef’s Table at Brooklyn Fare, New York, USA

70. Selfie, Moscow, Russia

71. Relae, Copenhagen, Denmark

72. Twins Garden, Moscow, Russia

73. Aqua, Wolfsburg, Germany

74. The Fat Duck, Bray, England

75. Belcanto, Lisbon, Portugal

76. Martin Berasategui, Lasarte-Oria, Spain

77. Elkano, Getaria, Spain

78. Mingles, Seoul, Korea

79. A Casa do Porco, São Paulo, Brazil

80. Lung King Heen, Hong Kong, China

81. Per Se, New York, USA

82. Hedone, London, UK

83. Estela, New York, USA

84. St John, London, UK

85. Le Coucou, New York, USA

86. The French Laundry, Yountville, USA

87. Maní, São Paulo, Brazil

88. Nobelhart & Schmutzig, Berlin, Germany

89. The Jane, Antwerp, Belgium

90. Indian Accent, New Delhi, India

91. SingleThread, Healdsburg, USA

92. L’Effervescence, Tokyo, Japan

93. 8 1/2 Otto e Mezzo, Bombana Hong Kong, China

94. Alo, Toronto, Canada

95. Enigma, Barcelona, Spain

96. Diverxo, Madrid, Spain

97. Atelier, Munich, Germany

98. 108, Copenhagen, Denmark

99. Leo, Bogotá, Colombia

100. Lasai, Rio de Janeiro, Brazil

 
Restaurante A Casa do Porco
R. Araújo, 124 – República, São Paulo – SP, 01220-020
Telefone: 11-3258-2578
 
POR: Rita Moraes
Publicado em 13/06/2018