ConexãoIn

Seminário disponível no YouTube discute igualdade de gênero no Audiovisual


Fomentando uma das discussões mais importantes no cenário atual, a igualdade de gênero na indústria do audiovisual, o Seminário Internacional realizou diversos debates, e destaca a presença da advogada sueca Anna Serner, que atuou como CEO do Instituto Sueco de Cinema entre 2011-2021, depois de ter sido a CEO da Associação Sueca de Publicidade e da Associação Sueca de Mídia.

Realizada pelo +Mulheres Lideranças do Audiovisual, pelo Instituto Cultural da Dinamarca e o Festival Ponte Nórdica, o evento, que chega à sua 6a edição, aconteceu nos dias 15 e 16, em São Paulo, e agora está integramente disponível no canal do youtube.

Um dos nomes mais importantes no que se refere às políticas públicas pela igualdade de gênero e de diversidade, Serner ressaltou na sua apresentação como essa paridade pode elevar a qualidade da produção. Além disso, mostrou estratégias para aumentar o número de mulheres envolvidas em diversos setores do audiovisual

“Para chegar na igualdade de gênero no Audiovisual, temos que medir antes onde estamos e traçar uma estratégia até ela. Temos que parar de falar e começar a agir. Se queremos mais mulheres liderando, temos que contar quantas já somos, até chegarmos no número que queremos. Fico feliz de ter sido convidada para o Seminário e de mostrar como conseguimos fazê-lo”, conclui.

 

A produtora Ylla Gomes e a professora Alessandra Meleiro apresentanram os resultados do Mapeamento das Entidades Representativas do Setor Audiovisual no Brasil, um estudo valioso que pode apoiar e nortear ações da sociedade civil pelo Audiovisual brasileiro tanto na busca de políticas públicas, quanto para o advocacy no setor empresarial.

 

Na discussão, trouxeram temas como os desafios do setor, as perspectivas futuras, além elencar diversas recomendações e pautas para o avanço da participação das mulheres no audiovisual no Brasil. “Para mim, o + Mulheres é uma rede de afetos e aprendizados, entre pessoas com um propósito comum: o crescimento coletivo”, aponta Meleiro.

 

“Fico muito feliz de poder compartilhar nossa pesquisa no Seminário Internacional, uma vez que a pesquisa é resultado do encontro de mulheres neste grupo tão potente. Pesquisa e divulgação de informações qualificadas está na essência da fundação do + Mulheres, esperamos que possamos continuar contribuindo para que uma maior número de informação chegue cada vez mais longe”, complementa Gomes.

 

O Seminário Internacional ainda conta um painel com movimentos de inclusão no setor audiovisual brasileiro com a participação de Érica de Freitas, fundadora do projeto Visionárias, uma formação em audiovisual para realizadoras pretas e periféricas do Rio de Janeiro; Suzana Pires, fundadora do Instituto Dona de Si, focado no empoderamento feminino, e mediação de Maria Gal.

 

E também uma apresentação de Felicia Jackson, diretora de um dos principais festivais audiovisuais na indústria nórdica THIS – AARHUS e do festival de séries AARHUS SERIES ambos na Filmby Aarhus, do qual ela também é chefe de comunicação. Ela dirigiu o Festival de TV de Copenhague, o CPH Transform, e foi consultora sênior na DR – The Danish Broadcasting Corporation por muitos anos. O THIS Nordic, focado em narrativas de séries, games, filmes, e tecnologias inovadoras, traz uma análise do papel das mulheres e sua representação nas telas ao longo dos últimos anos.

Seminário Internacional

https://www.youtube.com/@maismulheresav/featured

 

POR: Rita Moraes
Publicado em 25/11/2022