ConexãoIn

Seis dicas do empresário Ricardo Nunes para quem quer empreender depois dos 50

 

Em busca da realização de um sonho, ou até mesmo para dar um novo rumo em suas carreiras, pessoas com 50 anos ou mais veem no empreendedorismo uma forma de conseguirem iniciar seu próprio negócio. Apesar das dificuldades encontradas pela falta de oportunidade no mercado de trabalho tradicional, o medo de dar o “primeiro passo” pode gerar sentimento de fracasso e, mesmo com toda a bagagem e maturidade já conquistadas pela idade e tempo no mercado de trabalho, as dúvidas que surgem ao longo do caminho e a falta de dinheiro para investir em um novo negócio podem ser grandes fatores para que desistam de começar suas próprias empresas nesta fase da vida.

Apesar de não existir idade para começar uma jornada empreendedora, a maturidade e o tempo de experiência profissional são razões que podem influenciar no comportamento e na tomada de decisões. Ricardo Nunes, fundador da RICARDO ELETRO, hoje ensina empresários a se destacarem no mercado através de suas mentorias, alerta que, nesse processo, é necessário respeitar mais a experiência de pessoas que já empreenderam e obtiveram sucesso. “Uma pessoa bem sucedida no meio empreendedor dá conselhos não porque é mais inteligente ou mais esperta, mas, sim, porque já passou por mais situações que a levaram a ter mais expertise para conseguir prever os resultados de determinadas decisões dentro de um negócio”, explica.

Pensando em todas as dificuldades e dúvidas que as pessoas costumam ter no início da carreira no empreendedorismo, Ricardo separou seis dicas para que os aspirantes a empresários possam ter sucesso em seus negócios após os 50 anos. Confira, a seguir, quais são elas:

 

  1. 1 – Não existe idade certa para começar a empreender

Um dos principais motivos para que alguém tome a decisão de começar a empreender é, geralmente, para ganhar mais dinheiro, mudar de vida ou, transformar sua realidade. Muitas vezes, o empreendedorismo é a forma de causar impactos positivos na vida das pessoas, além de ser alternativa para aumentar os lucros e realizar o desejo de ter seu próprio negócio. Por isso, essa tomada de decisão não é relacionada à idade, ela depende, unicamente, da vontade de ser dono da sua própria empresa. “A idade não pode ser impeditiva a nenhum sonho. A experiência necessária para alavancar seu negócio é obtida com o tempo e qualquer pessoa, em qualquer momento de sua vida, pode construir sua carreira de sucesso dentro do empreendedorismo”, revela Ricardo.

  1. 2 – Tenha boas referências

Segundo Ricardo, as histórias de sucesso empresariais inspiram e podem ser o passo que falta para quem quer começar no mundo dos negócios. “Observe as pessoas que deram certo, mas que realmente tiveram e ainda tem um resultado expressivo. Essas pessoas carregam uma trajetória sólida de sucesso. Então anote os principais ensinamentos dessas pessoas e comece a aplicar na sua empresa”, explica o presidente e fundador da Ricardo Eletro. Muitas vezes, a diferença no olhar de outras pessoas que deslancharam e chegaram no topo de suas carreiras no empreendedorismo pode resultar em grandes ideias. “Olhar por outros ângulos e ‘pensar fora da caixa’ pode trazer algo inovador e fundamental para um crescimento próspero nesse meio”, ressalta.

  1. 3 – Tenha resiliência para enfrentar os desafios

Por ser uma carreira repleta de dificuldades, a persistência e a dedicação são fundamentais para uma carreira promissora. As dificuldades sempre estarão presentes, mas, é preciso saber enfrentá-las. “Para empreender, é preciso ter resiliência. Não desista nos primeiros obstáculos; a capacidade de contornar e vencer os problemas irá promover um crescimento saudável pessoal e profissionalmente”, comenta. Segundo ele, as situações difíceis precisam de soluções efetivas e Ricardo Nunes, com sua visão empreendedora, enxerga dentro de um problema uma verdadeira oportunidade. “Todo empreendedor tem problemas, porém, assumir os riscos e ser otimista é uma característica positiva para o sucesso de um negócio”.

  1. 4 – Se arrisque e aprenda com os erros

Para o início de uma boa carreira como empreendedor, é necessário saber a hora de “arregaçar as mangas” e tomar iniciativa. Principalmente nos primeiros passos para ter o seu próprio negócio, ser proativo e fazer as coisas acontecerem sem ter medo do que pode acontecer é uma forma de aprender a lidar com as inseguranças que podem surgir ao longo do processo. Para o empresário, o segredo de um bom profissional é saber a hora de agir e de sair de um problema. “Não tenha medo de errar e não persista nos seus erros. Se você desistir, não se dará a chance nem de tentar”.

  1. 5 – Se inspire e aprenda com o que já é sucesso no mercado

“Invista em negócios já formatados e que, comprovadamente, sejam negócios de sucesso. Isso fará com que você tenha mais conhecimento e entenda a trajetória para ter uma boa empresa”, comenta Ricardo. De acordo com ele, adotar uma referência e aprender lições com exemplos de pessoas experientes e com negócios lucrativos é muito vantajoso para quem está começando e busca insights para sua carreira. “A inspiração, além de despertar novas possibilidades, permitirá o conhecimento de suas próprias capacidades”, aconselha.

  1. 6 – Empreenda em algo que você gosta

É possível empreender em qualquer área. Por isso, trabalhar com o que deseja é essencial para sua realização pessoal e te fará não desistir nas dificuldades e apreciar, ainda mais, as oportunidades. “Empreender é um ato de liberdade. Escolha um segmento que você tenha paixão, porque você vai fazer aquilo todos os dias e precisa ser algo prazeroso e que te faça se sentir bem ao longo da vida. Dessa forma, o dinheiro será consequência daquilo que você faz com amor”, comenta o empreendedor. “Não há uma ‘fórmula mágica’ para ter uma empresa bilionária, mas, partindo por um caminho mais afetivo, a prática se torna mais leve e agradável, mesmo com todos os desafios que surgirão ao longo da trajetória como empreendedor. Não desista e siga em frente”, finaliza.

Sobre Ricardo Nunes

Fundador da Ricardo Eletro, eleita a segunda maior rede de varejo do Brasil, o empresário Ricardo Nunes vendeu a empresa em 2018 para ingressar no segmento de educação empresarial. Em 2022, fundou o R1 Empresarial, instituição de educação voltada para donos de empresas dos mais variados segmentos, o qual utiliza o Método RGV, de direcionamento estratégico e personalizado onde trabalha os três pilares dos negócios (gestão, vendas e marketing) de forma inovadora com o objetivo de transformar os empreendimentos em máquinas de vendas e aumentar os lucros. Ricardo também está à frente do Podcast 100 Blá Blá Blá, onde já recebeu grandes nomes do mercado, como Luiza Helena Trajano, Roberto Justus, Carlos Wizard, Carol Paiffer, João Kepler, entre outros.

POR: Rita Moraes
Publicado em 17/07/2023