ConexãoIn

Santo Antônio na Igreja reúne exposição multimídia, mesas decoradas e venda de itens criativos

Com a proposta de reunir linguagens artísticas, gastronomia, música e promover a economia criativa local, a arquiteta Celeste Leão e a produtora de moda e eventos Vera Pontes irão promover o Santo Antônio na Igreja. O projeto multimídia solidário vai acontecer de 10 a 13 de junho, das 14h às 20h, na Igreja de Nossa Senhora da Graça, um dos primeiros templos cristãos em Salvador – local que é recheado de beleza e história contada através da fachada barroca, da caixa seiscentista e pela obra do pintor Manoel Lopes Rodrigues nos tetos da capela-mor, de 1881. Durante os quatro dias, acontecerão: exposição de mesas decoradas com tema junino com enfoque a Santo Antônio, assinadas por designers e decoradores; venda de itens criativos; apresentações musicais na quinta (10) e no sábado (12); espaço gastronômico; Hall de Guloseimas Juninas, além de cinco exposições de Artes Plásticas, Cerâmica e Fotografia em espaços diversos do templo religioso – no claustro, na nave e nos jardins. Entre os artistas convidados estão Maria Adair, Bel Borba, Luiz Humberto Carvalho, Dulce Cardoso e Rafael Martins. O projeto será aberto ao público, seguindo todos os protocolos de saúde e segurança, com uso dos espaços abertos, e contará com a solidariedade dos visitantes para levarem cestas básicas que serão doadas para pessoas em situação de rua apoiadas pela igreja.

Exposições

A partir de técnicas e perspectivas variadas, as exposições têm como fio condutor a história religiosa da via sacra de Cristo e a história que perpassa a construção da igreja, como ato de devoção da índia Catharina Paraguaçu, que casou-se com o português Diogo Álvares Correa, o Caramuru, e após ter tido uma visão pediu a ele para construir a primeira capela dedicada a N. S. da Graça. Na nave da igreja, o arquiteto e artista plástico Luiz Humberto Carvalhoapresentará a exposição Via Sacra com o tema: As quatorze estações do percurso de Jesus até o sepulcro.

Em uma sala anexa ao claustro, a artista Plástica Maria Adair prestará homenagem à índia Catharina Paraguaçu através da instalação parietal Catharina, composta por nove telas de pequeno formato, trabalhadas em técnica mista – com pinceladas de tinta acrílica, nanquim e aplicação de folhas de ouro, prata, cobre e outros metais variados. Cada tela apresenta o perfil de uma das letras que compõem o nome da Índia. O artista Plástico Bel Borba irá apresentar estudos com evolução ao Monumento Catharina Paraguassú, uma escultura da índia que será instalada futuramente no Largo da Graça. A exposição estará situada em uma sala anexa ao claustro. Já na Sacristia, a ceramista e artista plástica Dulce Cardoso fará a instalação A Ressurreição, representando a saída de Jesus do sepulcro.

No claustro da igreja, o fotógrafo Rafael Martins apresentará suas pesquisas fotográficas sobre territórios que passam por processos de abandono e que expressam a relação de espiritualidade que há na cidade de Salvador em suas diversas expressões culturais. Ao trabalhar com lanternas e velas em longas exposições, ele criou imagens sacras iluminadas, com fotografias carregadas de uma estética mística com bastante contraste e cor. O fotógrafo apresentará também retratos do ensaio Alumiar, que passeiam por temas como as implicações entre perda e permanência, raízes e identidades.

Altares de Santo Antônio

Além das exposições, pessoas que têm devoção a Santo Antônio e costumam rezar a trezena todo ano foram convidadas para decorar o altar montado na área externa, com controle de acesso, e puxar os cânticos. Na quinta-feira (10), a artista plástica Maria Adair será a primeira convidada; na sexta (11), a ceramista Dulce Cardoso, e no domingo (13), será a vez do artista plástico Luiz Mario, Professor Doutor da Escola de Belas Artes da Ufba, cuja tese de doutorado foi ‘Festa de Santo Antônio na Casa Baiana’. Luiz Mário está tentando, junto com outros notáveis baianos, que a Fundação Gregório de Matos torne a Trezena de Santo Antônio Patrimônio Imaterial da Cultura Baiana.

Mesas decoradas e venda de itens criativos

O encontro contará ainda com a Exposição de Mesas Decoradas, na Sacristia, que vai reunir sete mesas decoradas e inspiradas nos Santos de Junho – Santo Antônio, São João e São Pedro, assinadas por designers e decoradores – João Osmário; Ernesto Simões; Mariana Barreto; Beth Bahiense; Morgana Cotias e Alana Lobo; Selma Bandeira e Kelba Varjão; Camila Maia. Outro destaque são as Mesas Comerciais, instaladas no Claustro, onde 17 micro empresários individuais estarão comercializando diversos produtos originais, itens de moda e decoração, acessórios e artigos criativos. O espaço contará ainda com a exposição de móveis antigos do acervo do Armazém de Época.

Espaço Gastronômico e Hall de Guloseimas

O Santo Antônio na Igreja terá também o Espaço Gastronômico, localizado na Área Verde, na Lateral da Igreja, com opções de lanches e comidinha juninas para toda a família. Entre as opções, estão a Pizza DiCasa; Sorvetes Robgol com sorvetes e Picolés artesanais, e as cervejas artesanais da Cervejaria Mindú Bier. Já no Hall de Guloseimas, o público poderá conferir diversos doces e guloseimas com tema junino, elaborados pelo Atelier’s de Delícias.

O projeto luminotécnico do evento será assinado por Light Center (Rodrigo Poegere) e João Ruby.

SERVIÇO

Santo Antônio na Igreja 
Local: Igreja de Nossa Senhora da Graça – Av. Princesa Leopoldina, 133, Graça
Data: de 10 a 13 de junho (quinta a domingo)
Horário: das 14 às 20h
Aberto ao Público

#conexaoin_
#conectadocomanoticia

#cultura

#santoantoinionaigreja

POR: Rita Moraes
Publicado em 01/06/2021