ConexãoIn

Ronaldinho e irmão são presos no Paraguai por passaportes falsos

O Procurador Geral do Estado do Paraguai ordenou a prisão do ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e seu irmão e representante Roberto Assis por usar documentos falsos. Por volta das 20h45 da sexta-feira (horário de Assunção e de Brasília), a Polícia Nacional do Paraguai anunciou a prisão do ex-jogador de futebol e de seu irmão. Dessa maneira, as agências policiais paraguaias cumpriram um mandado emitido pela Procuradoria Geral da República.

POR: Rita Moraes
Publicado em 07/03/2020