ConexãoIn

Prosas marcam o encerramento da Plataforma Nacional de Artes Negras

Para encerrar com grande estilo a programação do projeto Plataforma Nacional de Artes Negras, será realizado neste domingo (10), às 9 horas, a “Prosa com Dendê”. O evento é uma ação formativa sobre artes e candomblé, que vai contar com a participação da coreógrafa Marilza Oliveira,  do psicanalista Omo Obaluaê Omoloji Agbara, da Ialorixá Tamara Odara e do Babalorixá Luis Deveza. E muito samba com o grupo Alacorin.

A prosa acontece no terreiro Ilê Axé Onirê Unxê Omi Oyá, no bairro do Cassange. Além do bate-papo e de muito samba, os visitantes poderão experimentar uma deliciosa feijoada do Babalorixá Jamilton D`Ogum.

A Plataforma Nacional de Artes Negras começou no dia 05 de novembro para celebrar a arte negra. Durante todos esses dias, o público conferiu uma programação diversificada e gratuita em diferentes localidades de Salvador. Foram diversas linguagens, como shows, espetáculos, mas também oficinas, intervenções e ações formativas, apresentados em praças, feiras livres, terreiros de Candomblé e na própria rua.

Neste sábado, foi a vez do público conferir a Prosa Formativa, mediação do dramaturgo Anderson Feliciano (MG). Durante a prosa, o público conferiu uma conversa leve e enriquecedora sobre o exercício de conectar ideias, expressões e criar novos caminhos.

A prosa formativa teve participação de lideranças de coletivos, grupos e organizações culturais periféricos como Slam das Minas, NAF – Núcleo Artístico de Favela, Coletivo Negritude Sussuarana, Pico Preto, Escola Livre Balé Baião, Novembro Corpo Negro 365 dias, Abriu Dança na Bahia, Imperadores da Dança, Fórum Nacional de Quadrilhas Juninas, entre outros.

Sobre Anderson: 

Anderson Feliciano é performer, professor e investigador teatral, Mestrando em Artes Cênicas do Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de Ouro Preto e também em Dramaturgia (UNA- Buenos Aires), dedica-se à escrita, performance e a curadoria. É autor de Tropeço (editora Javali / 2020), O início, com Mário Rosa (2022)

A Plataforma Nacional de Artes Negras é uma iniciativa foi contemplada pelo Edital Diálogos Artísticos – Bicentenário da Independência na Bahia, com apoio financeiro da Fundação Cultural da Bahia, unidade vinculada à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Funceb/SecultBa

POR: Rita Moraes
Publicado em 10/12/2023