ConexãoIn

Projeto Eco Folia Solidária garante apoio a catadores de materiais recicláveis no Carnaval 2023

Cerca de 90 toneladas de resíduos sólidos devem ser coletadas para reciclagem durante o Carnaval 2023, através do projeto ‘Eco Folia Solidária’ – o trabalho decente preserva o meio ambiente”. A iniciativa foi lançada, nesta quarta-feira (15), pelo Governo do Estado, com a presença do vice-governador Geraldo Junior e da primeira-dama do Estado, Tatiana Velloso, além de outras autoridades. Na ocasião, foram assinados contratos com as cooperativas de catadores Cooperguary, Recicla Conquista, Rede Cata Bahia, CRG Bahia e Rede Recicla Salvador/ Recicla Bahia.

Criado há 16 anos, o ‘Eco Folia Solidária’ é desenvolvido pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Renda do Estado (Setre), que compra o produto da coleta nos circuitos por um preço melhor que o oferecido pelos atravessadores. Neste ano, a operação conta com um investimento de R$ 1,5 milhão, beneficiando 1.840 catadores autônomos com a distribuição de fardamento e equipamentos de segurança, como botas, luvas e protetor auricular.

Por meio da iniciativa, os profissionais recebem três refeições diárias durante os dias da festa. Para o vice-governador da Bahia, Geraldo Junior, o objetivo do Governo do Estado é valorizar o trabalho dos catadores: “são profissionais muito importantes, que atuam de forma árdua no carnaval, e que, muitas vezes, ficam nos bastidores, socialmente invisíveis, no silêncio, dando apoio, enquanto os foliões estão curtindo o Carnaval, na capital e no interior”.

O titular da Setre, Davidson Magalhães, afirma que o programa tem como objetivo promover a inserção socioprodutiva: “apoiamos os catadores com cinco centrais que dão todo o suporte e melhoram o aproveitamento do material, com a disponibilização de prensa, caminhão para fazer o transporte, agregando mais valor os materiais. Portanto, é um esforço nosso de casar conscientização ambiental, comércio justo e solidário de materiais recicláveis, com melhores condições de trabalho”.

Para a Annemone Santos, representante da Rede Cata Bahia, o projeto contribui para a sustentabilidade econômica das associações e cooperativas: “ficamos muito agradecidos pela ação, porque combate a exploração, com preços mais justos, gerando mais renda para nossas comunidades. Além disso, nos tira da invisibilidade protege nossos corpos com o material de segurança”.

Trio 

 

Para chamar a atenção da ação que integra a agenda do trabalho decente, ainda nesta quarta-feira (15), a Setre promove o bloquinho Eco Folia no circuito Barra-Ondina, a partir das 17 horas. Uma equipe de ativadores, acompanhada de uma fanfarra, distribuirá ventarolas entre os foliões, divulgando a ação e contribuindo para a conscientização da população sobre a importância do trabalho dos catadores.

 

Repórter: Tácio Santos 

POR: Rita Moraes
Publicado em 16/02/2023