ConexãoIn

Programa Guerreiros Sem Armas 2023 chega ao final com mais de 350 famílias beneficiadas

 

 

Realizado pelo Instituto Elos, a 14ª edição do programa Guerreiros Sem Armas (GSA) formou como líderes ativistas 40 jovens de vários países como Angola, Índia, Colômbia, Zimbábue, Alemanha, Moçambique, Guiné-Bissau, Líbano e muitos brasileiros. Em um processo intensivo de construção coletiva durante as três últimas semanas, impulsionaram o engajamento dos moradores para melhorias que beneficiaram mais de 350 famílias da Baixada Santista nas comunidades Alemoa e Santa Maria.
O processo até a concretização dos sonhos (sinalizados pelos próprios moradores) incluiu visitas, rodas de conversas, encontros de entretenimento e um trabalho intenso de captação de recursos locais – financeiros e humanos. Horta comunitária, parque infantil, centro comunitário e artes em grafites foram algumas das demandas identificadas e realizadas coletivamente.
Para a arquiteta Mariana Gauche, co-fundadora e diretora do Instituto Elos, o fim de mais uma edição do projeto Guerreiros Sem Armas é o fechamento de um ciclo importante e a abertura de novos para os jovens aprendizes. “As pessoas que participaram desta etapa vão abrir uma nova etapa, vão voltar para seus países, suas comunidades e se planejam para novas ações. O que aprenderam aqui vão levar para o mundo, em uma rede que fortalece outros tantos projetos coletivos. Saem daqui grandes conexões entre os países participantes’, finaliza.
Ao final da 24ª edição, o trabalho dos territórios envolveu mais de 100 voluntários juntos com os Guerreiros Sem Armas nos mutirões das duas comunidades, além de jovens e crianças. Todos ajudaram na melhoria no entorno das moradias. Moradores e participantes do GSA puderam trocar experiências e cada um levou grande aprendizado sobre colaboração e doar seu tempo para ajudar o próximo. A iniciativa contempla o item 11 dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU: Cidades e Comunidades Sustentáveis, que é criar cidades inclusivas, sustentáveis e justas.
As inscrições para a próxima edição do Guerreiros Sem Armas de 2024 já estão abertas. Para mais informações acesse o site do Instituto. O projeto oferece uma metodologia pedagógica inovadora para que os participantes possam liderar organizações e comunidades a partir do diálogo e da colaboração. O programa já formou mais de 640 lideranças de 47 países para agir em resposta aos desafios sociais e econômicos.

 

POR: Rita Moraes
Publicado em 24/07/2023