ConexãoIn


Patrulha lilás para cumprir prisão de homens dentro da Lei Maria da Penha

A Secretaria de Estado das Mulheres do Piauí (Sempi), realizou na manhã da última sexta-feira, 10, o lançamento de Estratégias de Enfrentamento à Violência contra a Mulher. Na ocasião, a Secretaria de Segurança Pública fez a entrega de três viaturas na cor lilás para a Patrulha Maria da Penha. Segundo o secretário de segurança do Estado, Chico Lucas, uma das funcionalidades da cor da viatura é provocar constrangimento social ao expor o agressor.

A proposta visa criar um protocolo de atendimento à mulher em situação violenta

 “É isso que a gente quer mostrar, que o homem tem o dever de respeitar a vontade feminina, o direito das mulheres. Então a viatura lilás vai  dar visibilidade e mostrar que as mulheres têm sim, por parte do governo do Estado, o apoio na proteção à sua integridade”, afirma.

A Diretora de Enfrentamento ao Feminicídio da SEMPI, Ana Cleide, pontua que a entrega das viaturas lilás faz parte do serviço completo da rede visto que a Patrulha Maria da Penha tem a função de monitorar as medidas protetivas garantindo a segurança da mulher.

NÚMEROS 

Segundo um levantamento feito pela Rede de Observatórios de Segurança, em 2022 o Piauí registrou 75 casos de violência contra a mulher entre o mês de agosto de 2021 e janeiro de 2022. O número indica que, em média, a cada 72 horas, uma mulher é violentada no estado.

Para a secretária de Estado das Relações Sociais, Núbia Lopes, ações como essa ajudarão no enfrentamento da violência contra a mulher.  “Acabamos de participar da entrega de três viaturas para a patrulha Maria da Penha, que vão atuar durante o corso de Teresina, que acontece neste sábado”, explica.

 “É isso que a gente quer mostrar, que o homem tem o dever de respeitar a vontade feminina, o direito das mulheres. Então a viatura lilás vai  dar visibilidade e mostrar que as mulheres têm sim, por parte do governo do Estado, o apoio na proteção à sua integridade”, afirma.

A Diretora de Enfrentamento ao Feminicídio da SEMPI, Ana Cleide, pontua que a entrega das viaturas lilás faz parte do serviço completo da rede visto que a Patrulha Maria da Penha tem a função de monitorar as medidas protetivas garantindo a segurança da mulher.

NÚMEROS 

Segundo um levantamento feito pela Rede de Observatórios de Segurança, em 2022 o Piauí registrou 75 casos de violência contra a mulher entre o mês de agosto de 2021 e janeiro de 2022. O número indica que, em média, a cada 72 horas, uma mulher é violentada no estado.

Para a secretária de Estado das Relações Sociais, Núbia Lopes, ações como essa ajudarão no enfrentamento da violência contra a mulher.  “Acabamos de participar da entrega de três viaturas para a patrulha Maria da Penha, que vão atuar durante o corso de Teresina, que acontece neste sábado”, explica.

POR: Rita Moraes
Publicado em 16/02/2023