ConexãoIn

Pará lança versão inédita do Cadastro Ambiental Rural

O combate ao desmatamento e à grilagem de terras no estado do Pará ganha um poderoso aliado: o Cadastro Ambiental Rural 2.0. A nova versão, automatizada, é inédita no Brasil e é fruto da parceria da Secretária de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMAS), com o Movimento Brasil Competitivo (MBC), Universidade federal de Minas Gerais (UFMG), e EloGroup.

Pioneiro no Brasil ao aliar a tecnologia e inovação no processo de cadastro rural, o Pará dá um importante passo rumo à regularização ambiental na região, por meio de processos mais ágeis e facilitadores. A inovação será implementada a partir de agosto, a expectativa é reduzir consideravelmente a fila de análises que ainda estão pendentes na base da dados da SEMAS.

A automatização das análises permitirá que casos sem pontos de atenção tenham um fluxo mais rápido e que os técnicos da SEMAS possam dedicar atenção individualizada às demandas mais complexas. Além disso, permitirá um acompanhamento das propriedades e maior segurança da base de dados.

Para a realização desse projeto, a SEMAS contou com a parceria do Movimento Brasil Competitivo (MBC), responsável por toda a governança do projeto, como explica o Diretor Executivo da entidade, Romeu Luiz Neto.

“O MBC tem como bandeiras a governança e também a utilização da tecnologia para promover uma transformação no Brasil, objetivos semelhantes ao aplicado pelo governo do Pará no CAR 2.0,”, comentou.

Pautado pela construção de uma cultura de transformação que gera ações de alto impacto na governança e gestão pública, o Movimento desenvolve projetos únicos para disseminar o conceito de governança e implementar metodologias inovadores de gestão na administração pública e nessa jornada em solo paraense, atua em parceria com a EloGroup, que é responsável pela análise dos dados, e a Coordenadoria de Transferência e Inovação Tecnológica da Universidade Federal de Minas Gerais (CTIT – UFMG), que cuidou dos indicadores presentes na ferramenta. Alianças que ajudaram a fazer do CAR 2.0 uma realidade.

“Em todo o Brasil, nossas parcerias se consolidaram em 85 projetos implementados junto com o setor público, gerando impacto positivo na vida de mais de 140 mil pessoas e estamos honrados em participar dessa iniciativa pioneira, que certamente servirá de inspiração para todo o país”, celebrou Romeu.

CAR 2.0: benefícios também para os ruralistas

Obrigatório para todos os imóveis rurais do país, o CAR é o primeiro passo para a regularização ambiental e dá acesso a benefícios previstos no Código Florestal. Agora, repaginado, a versão mais hightech do programa também vai impactar positivamente a jornada de produtores rurais a partir da celeridade das análises, evitando sanções por falta da documentação.

A iniciativa vai facilitar o acesso a créditos agrícolas, seguros agrícolas em condições melhores que a praticada no mercado, linhas de financiamentos para atender iniciativas de preservação voluntária, além da dedução das áreas de preservação permanente, reserva legal e de uso restrito do cálculo do imposto sobre a Propriedade Territorial Rural-ITR, gerando créditos tributário.

“O estado do Pará fez uma escolha, estamos construindo um modelo sustentável para Amazônia brasileira. E as entregas do dia de hoje representam a construção da ambiência necessária para que o estado possa seguir com essa estratégia de desenvolvimento. Se há três estamos tínhamos menos três mil CARs ativados, hoje com o sistema CAR 2.0 chegaremos a 48 mil cadastros ambientais rurais aprovados”, finaliza o governador do estado do Pará, Helder Barbalho.

Sobre o Movimento Brasil Competitivo

O Movimento Brasil Competitivo (MBC) é uma organização da sociedade civil, apartidária, que une os setores público e privado, investindo e fomentando no país um ambiente mais competitivo, replicando boas práticas e elaborando projetos para um Estado melhor.

POR: Rita Moraes
Publicado em 07/08/2023