ConexãoIn

Mulheres negras de Salvador vão ao cinema

Mulheres negras, catadoras de materiais recicláveis, costureiras, liderança comunitárias, moradoras de bairros periféricos da cidade de Salvador vão participar de uma sessão de cinema no Glauber Rocha, nesta terça-feira (5). A iniciativa, que será às 15h, faz parte do programa de raça, gênero e direitos humanos da ONG Centro de Arte e Meio Ambiente – CAMA com ações voltadas para o enfrentamento ao racismo, a desigualdade de gênero e as violações de direitos.
O filme escolhido foi ” Ó Paí, Ó 2″, que retrata a luta e o cotidiano da população preta de Salvador, abordando as questões sociais e raciais e a valorização da cultura baiana.
A coordenadora executiva do CAMA , Ana Carine Nascimento, explica que o intuito da ação “é promover iniciativas que contribuam para a prática do bem viver, fortalecendo as mulheres negras mostrando que podemos e devemos ocupar todos os espaços” A mesma destaca que “a cultura e o lazer é um direito constitucional e que acessamos pouco por falta de recursos e de oportunidade, por isso a necessidade de políticas públicas de democratização do acesso a estes espaços”.
A sessão entre elas pelo direito à cidade é organizada e idealizada pelo Centro de Arte e Meio Ambiente -CAMA uma organização da sociedade civil situada no município de Salvador (Bahia/Brasil), fundado em 1995, que tem por missão fortalecer a luta por garantia de direitos de indivíduos e grupos historicamente excluídos para a construção de uma sociedade economicamente justa, democrática, ambientalmente equilibrada, antirracista, antissexista e contra todas as formas de exclusão. Realiza essa missão por meio de programas e projetos que estão associados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), referenciados pela Agenda 2030. Com o apoio de Valdecir Nascimento, idealizadora do Instituto Odara e Viviane Ferreira, diretora do filme Ó paí, Ó 2.
Serviço
O que:Mulheres negras de Salvador vão ao cinema
Quando: 05 de Dezembro de 2023, às 15h.
Onde: Cine Glauber Rocha.
POR: Rita Moraes
Publicado em 05/12/2023