ConexãoIn

Morre assassino de Daniela Perez, Guilherme de Pádua

O assassino da atriz Daniela Perez, ex-ator e atual pastor batista, Guilherme de Pádua, morreu na noite de domingo, 6, vítima de um infarto, em Belo Horizonte. A informação foi confirmada em uma live feita pelo pastor Márcio Valadão, da Igreja Batista da Lagoinha.

Na transmissão, iniciada por volta das 22h30, Valadão comentou sobre Pádua. “Ele praticou aquele crime tão terrível, foi preso, cumpriu a pena e se converteu. Era uma lagarta e virou borboleta”, disse o pastor no vídeo. Cerca de uma hora depois de ter divulgado a informação, a live do pastor saiu do ar.

O velório deve ocorrer a partir das 10h30 desta segunda-feira (7) na sede da Igreja Batista da Lagoinha. Já o sepultamento está previsto para as 14h30 desta segunda-feira no cemitério Parque da Colina.

O crime

Daniella Perez — filha da escritora Glória Perez — tinha 22 anos quando foi assassinada por Guilherme de Pádua, com quem contracenava na novela De Corpo e Alma, assinada por sua mãe. O crime aconteceu na noite do dia 28 de dezembro de 1992, depois de um dia de gravações na Tycoon, um dos estúdios associados da Globo no Rio de Janeiro.

A atriz foi sequestrada pelo então colega de elenco e sua mulher, Paula Thomaz, e levada para um matagal na Barra da Tijuca, onde foi atingida por 19 golpes de tesoura. Guilherme de Pádua foi preso na manhã do dia seguinte e se declarou culpado, mas alegando uma história bem diferente da qual ele foi condenado.

POR: Rita Moraes
Publicado em 07/11/2022