ConexãoIn


Inovar é um parto lança websérie com fundadoras de startups do Brasil inteiro O videocast é uma spin off do documentário que aborda a conexão entre a tecnologia e o jeito feminino de liderar e criar negócios para mudar o mundo.

Quais as diferenças e semelhanças de ser mulher empreendedora digital em cada um dos estados brasileiros? É isso que o “Inovar é um parto – Fora do Eixo” vai revelar num videocast que viaja pela jornada real de mulheres que fundaram startups onde, fora do privilegiado eixo Rio-São Paulo, os investimentos circulam pouco e os ecossistemas, menos maduros, nem sempre as apoiam como merecem.

Quem viaja pelo Brasil sempre saboreia um prato típico em cada estado ou região. Mas quando o assunto são os negócios, quais são os ingredientes que dão identidade para as startups criadas nesses lugares? Qual o tempero da inovação que mulheres estão preparando com o propósito de resolver problemas locais com soluções de alcance nacional ou até global?

O objetivo da série com 27 episódios que estreia neste mês da mulher é ampliar nossas referências sobre o Brasil, valorizar a nossa diversidade e, além disso, promover a conexão entre pessoas e negócios que podem colaborar e se complementar em diferentes geografias.

“Um dos grandes passos para o crescimento de qualquer empresa é conquistar mercado para além do seu quintal. Nesse movimento de ampliação, é importante conhecer visões e experiências de quem vive e já empreende nos locais onde se pretende atuar”, afirma Patricia Travassos, documentarista criadora do projeto.

As mulheres que fazem parte da série estão em todos os estados brasileiros, além do Distrito Federal. São líderes de negócios e de comunidades de inovação e ótimos exemplos de como criar o futuro localmente para impactar longe, no tempo e no espaço. Elas compartilham os caminhos que percorreram ao longo da jornada empreendedora em busca de investimento, aceleração e novos mercados.

O episódio de estreia é com a Isabela Azzalin, Startup Communities Manager do Sebrae for Startups. A escolha dela para a abertura da série tem uma explicação especial: com abrangência nacional, o Sebrae é citado pela grande maioria das entrevistadas como o primeiro apoio que tiveram quando pensaram em abrir uma empresa.

A partir daí, as fundadoras de startups de norte a sul do país contam como se conectam em rede com o apois das comunidades de startups espalhadas nas 5 regiões. Cada comunidade se apresenta com nomes bem característicos, inspirados no Silicon Valley. São elas: Rapadura Valley (CE), Jerimum Valley (RN), Cajuína Valley (PI), Açaí Valley (PA), Jurucu Valley (AP), Digoreste (MT)?

Os exemplos são diversos e inspiradores: imagine ser uma mulher travesti e criar uma startup de bem-estar no Maranhão para compartilhar terapias integrativas que ajudaram a curar a própria depressão? Ou criar uma startup no Rio Grande do Sul motivada pela dor do divórcio, sem nunca ter trabalhado com tecnologia antes? Ser uma mulher preta e encontrar no empreendedorismo digital a forma de tomar as rédeas da própria remuneração, sempre subvalorizada nos antigos empregos é outra experiência que vem de Santa Catarina.

O nosso papel aqui é ouvir esses diferentes sotaques, conhecer as soluções que as mulheres estão criando e unir os pontos – apresentando, umas para outras, possíveis afinidades que podem gerar novos insights.

Um holofote para destacar negócios inspiradores criados por mulheres

A plataforma “Inovar é um parto” foi criada após o lançamento do documentário para dar visibilidade a negócios criados por mulheres e gerar mais e mais conexões entre o empreendedorismo feminino, a tecnologia e a inovação, discutindo os temas mais atuais do universo das startups.

Esse é um espaço para acessar conteúdo consistente e encontrar com quem discutir dúvidas, trocar ideias, ensinar e aprender. Foi o que as mulheres entrevistadas para o filme e para nossas webséries fizeram: conectadas em redes, sentiram liberdade para expor até suas vulnerabilidades. O resultado disso é que juntas, conectadas pela plataforma, todas se sentem mais poderosas.

Se você ainda não viu o documentário, não perca as histórias de fundadoras de startups de impacto, surfando os altos e baixos que surgem na jornada empreendedora.

Site do projeto: www.inovareumparto.com.br

Prosa Press Produções: empresa produtora

A Prosa foi criada em 2012 depois que a fundadora desenvolveu uma coprodução com a Rede Globo para a realização de uma série especial para o programa Fantástico. Foi o reality Mãe S/A. A partir daí, a equipe se cresceu e produz produções audiovisuais autorais que refletem sobre novas tendências tecnológicas e de comportamento que vêm transformando a rotina pessoal e profissional das pessoas.

Além de “Inspira”, a Prosa é responsável pelas produções “Projeto Upload” (CNN Brasil), “Educação Presente para o Futuro” (longa-metragem documentário), “Inovar é um Parto” (documentário, em fase de finalização), “Pílulas da Longevidade” (série de TV), “Fominha” (GNT), “Tristezas Não Pagam Dívidas” (Globonews) e “Mãe S.A.” (TV Globo e Globonews) e “Sem Excesso” (websérie).

A expertise da Prosa em inovação nutre também projetos de comunicação corporativa, atraindo clientes de tecnologia, empresas da nova economia e também as mais tradicionais que querem traduzir a transformação digital para o seu público.

 

 

 

POR: Rita Moraes
Publicado em 09/03/2023