ConexãoIn


Ifood patrocina com milhões Carnaval e demite 355 empregados

 


O iFood entra para a estatística de demissões em massa para o mês de março. O aplicativo líder no mercado de food delivery no país está realizando uma onda de demissões em seu quadro, e a contagem de afetados foi de 355 colaboradores.

A informação foi adiantada pelo perfil no LinkedIn do Layoffs Brasil, apontando que o plano da companhia foi dispensar o equivalente a 6,3% do quadro total da companhia.

Uma lista aberta com nomes das pessoas dispensadas circulou na internet.

A empresa soltou uma nota: “O iFood tomou hoje a difícil decisão de descontinuar algumas posições internas, impactando em postos de trabalho de colaboradores, que ajudaram a escrever a nossa história. O atual cenário econômico mundial tem exigido das empresas ações imediatas na busca por novas rotas para enfrentar essas adversidades. Não foi diferente com o iFood. Lamentamos por cada perda e estamos comprometidos em garantir que esse momento difícil seja conduzido com o máximo de cuidado e respeito a essas pessoas.”

Forte investimento em patrocínio no Carnaval

Pela primeira vez patrocinando o Carnaval da Capital, o iFood investiu R$ 1,2 milhão. Investiu em 32 blocos de carnaval no Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador.

Entre os blocos que terão apoio da marca, estão coletivos icônicos e trios de grandes artistas, como: Acadêmicos do Baixo Augusta, Casa Comigo e Bloco da Pabllo, em São Paulo; Cordão da Bola Preta e Monobloco, no Rio de Janeiro, além dos trios de Ivete Sangalo, Timbalada e Daniela Mercury, em Salvador, Cortejo Afro, entre outros, totalizando 31 blocos nas três cidades. Além disso, patrocinou o Camarote Expresso 2222, em Salvador e o Carnaval da Prefeitura.

 

POR: Rita Moraes
Publicado em 02/03/2023