ConexãoIn


Hábitos de vida são a melhor arma contra o câncer

Manter-se no peso adequado; praticar atividade física regular; ter uma alimentação saudável; não fumar; usar protetor solar; evitar alimentos ultra processados e limitar o consumo de carne vermelha, açucares e bebidas alcoólicas. Essas são algumas das recomendações para prevenção dos diversos tipos de câncer. Em 2022, segundo estimativa do INCA, a Bahia terá mais de 32 mil novos casos de câncer, sendo que 7.860 destes serão registrados em Salvador. “Os hábitos saudáveis e a realização dos exames de rotina são fundamentais para reduzir o risco de desenvolvimento de cânceres”, de acordo com a oncologista Clarissa Mathias, da equipe do NOB Oncoclínicas. “Ter hábitos saudáveis pode reduzir 30% dos casos de câncer”, esclarece a médica.

Na Bahia, o câncer de mama foi a terceira maior causa de morte entre as mulheres, em 2020. Foram 1.031 óbitos decorrentes da doença. A primeira e a segunda causa foram a Covid-19 e os problemas cardiovasculares, respectivamente. O dado é de uma pesquisa realizada pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI).

O tabagismo e a alimentação, de acordo com o INCA, são as duas principais causas evitáveis do câncer. Dentre os tipos de tumor que estão associados a alimentação inadequada, estão os de esôfago, estômago, câncer de mama, cólon e reto, fígado, vesícula biliar, pâncreas, colo de útero, ovário, rim, tireoide, próstata e mieloma múltiplo. “O sobrepeso e a obesidade provocam um processo de inflamação crônica que, por sua vez, elevam a produção de hormônios que podem danificar as células saudáveis e desencadear o surgimento de tumores malignos”, esclarece Clarissa Mathias. “A alimentação deve ser rica em frutas, fibras, verduras e legumes”, orienta a especialista.

Já o cigarro, principal responsável pelo câncer de pulmão e considerado a principal causa de câncer evitável no mundo , também pode ser o responsável pelo aparecimento de 18 outros tipos de cânceres, como tumores de boca, laringe, faringe, esôfago, pâncreas, rim e bexiga, dentre outros. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), quase 1.200 novos casos de câncer de pulmão, traqueia e brônquio devem ser registrados na Bahia no ano de 2022.

A médica faz um alerta para os riscos do cigarro eletrônico, que tem sido cada vez mais consumido pelos jovens no Brasil. “Nos últimos anos, conseguimos reduzir o consumo do cigarro normal no Brasil, mas agora o cigarro eletrônico está sendo amplamente utilizado pelos mais jovens. É preciso alertar a população que esse tipo de dispositivo também possui substâncias tóxicas e pode ser bastante prejudicial à saúde”, adverte.

Sobre NOB Oncoclínicas

Fundado há 30 anos, o Núcleo de Oncologia da Bahia (NOB) passou a integrar o Grupo Oncoclínicas em 2014. A clínica oferece cuidado integral e individualizado ao paciente oncológico, com consultas médicas, tratamento oncológico ambulatorial (quimioterapia, hormonioterapia, drogas alvo, imunoterapia), medicamentos de suporte, crioterapia capilar, acompanhamento médico durante internações hospitalares e uma equipe médica para suporte de emergências disponível 24 horas por dia. Seu corpo clínico é composto por profissionais especializados em oncologia clínica e hematologia, cuidadosamente selecionados por sua qualidade técnica e ética de trabalho, além de médicos especialistas em oncologia nas áreas de cardiologia, dermatologia, genética, urologia, mastologia, cirurgia oncológica, pneumologia, cuidados paliativos e medicina integrativa.

A instituição possui um centro de pesquisa com inúmeros estudos clínicos desenvolvidos ao longo de anos, o que representa uma arma na luta contra o câncer e traz para a população novas tecnologias no combate à doença. O Grupo Oncoclínicas conta ainda com uma parceria exclusiva no Brasil do Dana-Farber Cancer Institute, um dos mais renomados centros de pesquisa e tratamento do câncer no mundo, afiliado à Harvard Medical School, em Boston, EUA.

Atualmente o OC Oncoclínicas NOB conta com três unidades localizadas nos bairros de Ondina (sede) e no Centro Médico do Hospital da Bahia, em Salvador, e no município de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador. Além de três unidades próprias de atendimento, conta ainda com parceria com o centro de Oncologia do Hospital Santa Izabel.

 

POR: Rita Moraes
Publicado em 08/04/2022