ConexãoIn

Governador prestigia formatura de crianças no projeto Anjinhos da Praia, do Corpo de Bombeiros

Mais 147 crianças receberam o certificado do projeto Anjinhos da Praia, promovido pelo Corpo de Bombeiros para prevenir o afogamento e outros acidentes nas praias e piscinas. O curso tem a duração de uma semana, foi ministrado na base do Corpo de Bombeiros em Piatã e alcança crianças entre sete e 12 anos de diversos bairros. A cerimônia de formatura foi realizada no auditório do COI, no Centro Administrativo em Salvador, e contou com a presença do governador Jerônimo Rodrigues e com um banho de mangueira para a criançada, oferecido ao final, no estacionamento, por um caminhão-tanque da corporação.

Jerônimo parabenizou as crianças, os familiares e o Corpo de Bombeiros pela iniciativa: “meu abraço a vocês, crianças. Vocês têm uma responsabilidade muito grande desde criancinhas, a responsabilidade que vocês têm é de alertar às outras pessoas, às outras crianças, o que vocês aprenderam durante a semana, o que vocês estão levando para a escola de vocês, para a família de vocês, para a rua onde vocês moram. Levem com orgulho essa aprendizagem”.

Coordenador da iniciativa, o major Fábio Duarte informou que o projeto Anjinhos da Praia tem como tema central ‘Educar e prevenir no combate ao afogamento’: “hoje, as crianças são as principais vítimas do afogamento, que é a primeira causa de óbito entre um e quatro anos de idade e, de cinco a 12 anos, gira aí entre a segunda e a terceira causa. Além disso, o projeto é interdisciplinar, então, a gente trata de meio ambiente, de ética, de inclusão”, afirmou.

O major Duarte afirmou, ainda, que a iniciativa aconteceu em três bases simultaneamente, em São Tomé de Paripe, Piatã e em Porto Seguro: “nós atingimos mais de 450 crianças, foram arrecadados mais de 500 quilos de alimentos, que serão distribuídos em instituições de caridade. Foram quatro semanas, em cada semana a gente tinha uma turma, trabalhando na cultura da prevenção”.

Cíntia Duarte é mãe de Catarina, que participou do projeto, e aprovou a iniciativa: “a educação é a base de formação de qualquer pessoa, qualquer cidadão. E, nesse momento, o Corpo de Bombeiros está ensinando às crianças como conduzir, como se prevenir de acidentes, ainda mais acidentes que são gravíssimos, podem ser fatais, como o afogamento. Eu acredito que é uma iniciativa maravilhosa e que deve ser perpetuada”. Catarina conta o que aprendeu: “foi legal, eu aprendi várias coisas novas. O salvamento e outras coisas, aprendi que não pode mentir, e a compreender as placas também”.

Repórter: Raul Rodrigues 

POR: Rita Moraes
Publicado em 06/02/2023